.

.

Roubartilhei esse texto do blog da Encontrando Dr. Hodgkin, da Carin e achei muito interessante.
Muitas vezes passamos por isso na vida real e não nos damos conta...

De acordo com o mito, não sou bióloga para dizer que é verdade, se você colocar um sapo numa panela de água fervendo ele pula fora e salva a própria vida. Mas, se você colocar o sapo numa panela de água fria e for esquentando a água aos poucos, ele não percebe a mudança da temperatura e morre cozido.

Mas porque o sapo não pula quando a água começa a ficar quente? Será que ele não sente que a água esquentou? Vamos tomar a personalidade dele, enquanto água está esquentando, e verificar o que se passa na cabeça do sapo.
o 28 Graus - Humm que água gostosa..
o 32 Graus - É... a água está boazinha...
o 36 Graus - Esta água está ficando sem graça, será que está esquentando? Bobagem! Por que a água iria esquentar? Deve ser impressão minha.
o 38 Graus - Estou ficando com calor... Que droga de água! Ela nunca foi quente, por que está esquentando?
o 39 Graus - Essa água é uma porcaria! Melhor nadar um pouco em círculos até a água esfriar de novo.
o 40 Graus - Esta água é muito quente , humm que ruim! Vou voltar lá para aquele lado que estava mais fresco ou será que é melhor esperar um pouco?
o 42 Graus - Realmente, esta água está péssima, quente de verdade, tenho que falar com o supervisor das águas. Claro, eu podia pular fora, mas onde será que vou cair? Melhor esperar só mais um pouquinho.
o 43 Graus - Meu Deus! Será que eu tenho que fazer tudo por aqui? Já reclamei e ninguém toma uma atitude?
o 44 Graus - Mas este supervisor de águas não faz nada? Será que ninguém nota que a água está super quente? Vou esperar mais um pouco...
o 45 Graus - Se ninguém fizer nada eu vou fazer um escândalo.... Aiiiii que calor!
o 46 Graus - Eu devia ter pulado fora quando eu tive oportunidade, agora é tarde. Estou sem forças.
o 48 Graus - "sapo morto"

O pensamento do sapo ilustra o processo de mudança no ambiente e como as pessoas reagem. No mundo de hoje em que as mudanças bruscas de "temperatura" são tão corriqueiras, quem pensa como o sapo perde as oportunidades de mudar e crescer.
Se você tem, por exemplo, dificuldade de relacionamento, com pares, ou com colegas ou com a sua chefia,ou de lidar com novos desafios, que tal parar de reclamar e de tentar mudar o outro e saltar? Pule para uma atitude mais sadia de rever suas próprias atitudes e mudar você!

Vamos lá! Pense a que nível está a temperatura da sua água? Qual vai ser o primeiro passo que você vai dar? Uma pequena mudança de atitude, como por exemplo, chegar sorrindo todo dia no trabalho, ou dar um "Bom dia" caloroso a todos quando chegar, abre as portas para outras mudanças internas maiores. Mas, não faça como o sapo que ficou dando voltas dentro da mesma panela.
Seja honesto com você mesmo e mude para valer!
Texto de Eliana Dutra

0 comentários :

Postar um comentário



POLÍTICA DE MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Publicidade

Casa dos Temperos

Christian Presentes

Christian Presentes
 
Top