A Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet) promoveu, entre os dias 09 e 11 de setembro, o IX Congresso Brasileiro Sobre Acidentes e Medicina do Tráfego, com o tema “médicos pela saúde e segurança no trânsito”. O evento foi realizado no auditório do Hotel Náutico, em Porto Seguro, e reuniu autoridades e profissionais de saúde.

Na solenidade de abertura, no dia 08, os objetivos do congresso e os assuntos a serem discutidos nos dias subsequentes foram apresentados ao público.

Para compor a mesa de honra, foram convidados: o presidente nacional da Abramet, Mauro Augusto Ribeiro; o presidente regional da associação na Bahia, Armênio Souza Santos; o representante do Ministério da Saúde, Otaliba Libânio de Moraes Neto; o representante do Conselho Federal de Medicina, Ricardo Fróes; o representante da Associação Médica Brasileira (AMB), José Luiz Gomes do Amaral; o deputado federal Hugo Leal; o diretor-presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), de São Paulo, Joaquim Lopes; o prefeito municipal, Gilberto Abade; o capitão Mauro, representando o comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar (8º BPM), tenente-coronel Alfredo Nascimento; o capitão Grimaldi, representando o comandante do Corpo de Bombeiros, major Braga Neto e o diretor estadual de habilitação do DETRAN, Mahomed Saigg, representando o diretor geral da Bahia, Dr. Botelho.

A reunião foi iniciada após a execução do Hino Nacional Brasileiro, pela Orquestra Sinfônica do Descobrimento (OSD), um projeto social apoiado pela Prefeitura de Porto Seguro e patrocinado pela Petrobras.

Diretor do DETRAN propõe parceria com o setor de Educação

O diretor estadual de habilitação do DETRAN, Dr. Mahomed, parabenizou a Abramet por escolher Porto Seguro para sediar um congresso de tamanha relevância. Ele ressaltou a importância de uma parceria com o setor de educação, para que os estudantes sejam conscientizados dos seus direitos e deveres enquanto condutores, de forma que, ao requerer a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), estejam mais cônscios de suas responsabilidades.

O diretor-presidente da EMTU considerou o evento como importante para o sistema de trânsito brasileiro, uma vez que reuniu especialistas para trocar informações sobre a mobilidade urbana no país. Ele aproveitou a oportunidade para elogiar os atrativos turísticos do município. “Estou encantado por conhecer Porto Seguro, uma cidade com uma beleza exuberante”, afirmou.

O representante da AMB destacou que os meios de comunicação disponibilizam informações atualizadas a respeito de qualquer assunto em tempo real, embora os congressos sejam necessários para congraçamento entre integrantes de um determinado segmento e também para afirmação de valores cívicos. Para José Luís Amaral, que enfatizou a desigualdade social do Brasil como fonte de diversos problemas enfrentados pela população e pelas esferas de governo, qualquer iniciativa deve partir da sustentabilidade econômica e também da sustentabilidade ambiental.

Deputado Hugo Leal: “Estamos vivendo uma nova época, onde o Brasil nasceu”

Deputado federal por São Paulo, Hugo Leal disse que a Abramet já se manifesta no papel que desempenha, traduzido por um significativo avanço na discussão da saúde no trânsito. O parlamentar frisou que Porto Seguro foi escolhida propositalmente para a realização do congresso. “Estamos vivendo uma nova época, na terra onde o Brasil nasceu”, sentenciou.

O presidente nacional da Abramet assegurou que a instituição é inconformada com a situação dos acidentes de trânsito e que a meta a ser alcançada é, nos próximos dez anos, contribuir para a mudança no comportamento dos condutores de veículos. “O álcool é o grande vilão do trânsito. Os órgãos executivos desse setor precisam ganhar representatividade, dotação orçamentária e meios de atender às suas demandas”, pontuou.

Prefeito Gilberto Abade saúda congressistas

O prefeito Gilberto Abade declarou que, como cidadão, se preocupa com a violência urbana e com a segurança do tráfego. “Quando um filho viaja, qualquer pessoa fica inquieta até o seu retorno. No Brasil há mais gente morrendo no trânsito do que em guerras em outras nações”, explanou o gestor, salientando: “Vivemos numa cidade turística, onde muitas coisas continuam intactas desde a chegada da esquadra de Pedro Álvares Cabral. No tocante ao meio ambiente, 75% do município é preservado. Porto Seguro abriga 77 aldeias indígenas e os parques Nacional do Monte Pascoal, Pau Brasil e do Descobrimento. É uma cidade aprazível, com um povo hospitaleiro. Aqui, nasceu o Brasil e, portanto todos vocês são filhos da terra. Sintam-se em casa, a cidade está a disposição", disse o chefe do Poder Executivo.

Na ocasião, foi entregue o Prêmio Hilário Veiga de Carvalho às personalidades que se destacaram no trabalho de pesquisa para o desenvolvimento de prevenção de acidentes no trânsito: os médicos Dirceu Diniz e Adeir Baptista da Silva e o professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP) Dorinho Bastos.

Foi oferecido um coquetel aos presentes e a apresentação dos índios Pataxós, entoando seus cânticos de “boas vindas" aos congressistas, o Dr. Mattel Ayra, de origem indígena do Xingu, integrou-se aos seus irmãos dançando e cantando em sua linguagem nativa, muito emocionado deu "parabéns ao prefeito Abade por se preocupar e manter a tradição deste povo sofrido" , disse o médico congressista.

Pedro Ivo Rodrigues

Fotos: João Cordeiro

Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top