A segunda edição do programa Saúde em Movimento vai realizar rastreamento do câncer de mama para uma população alvo de quase um milhão de mulheres em todo o estado da Bahia. Um encontro foi realizado na última semana para planejar como funcionará o atendimento na microrregião de Itaberaba, marcado para começar no dia 2 de outubro.
Serão oferecidos exames de mamografia a mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos. De acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), se necessário o tratamento também será garantido, com procedimentos cirúrgicos, quimioterapia e radioterapia.
O atendimento será realizado mediante deslocamento de equipamentos e profissionais, nas 28 microrregiões do estado, levando mais próximo da população esse serviço. A estratégia vai disponibilizar procedimentos diagnóstico precoce (invasivo e não invasivo) de câncer de mama e encaminhamentos para os serviços de referência em caso de tratamento.
Para a diretora de Controle das Ações e Serviços de Saúde da Sesab, Cláudia Almeida, a segunda edição do Saúde em Movimento vai ajudar a diminuir o número de mortes por câncer no estado. "Com essa mobilização, esperamos resultados positivos e a diminuição dos óbitos pela doença", disse a diretora. A ideia foi reforçada pela secretária de Saúde de Itaberaba, Maria José Neiva. "Sabemos da dificuldade das mulheres em ter o atendimento e acreditamos que essa etapa será um sucesso, como foi a etapa que ofereceu atendimento oftalmológico", comparou Maria José Neiva.

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top