Um projeto cultural que teve como principais objetivos a formação de publico e fazer que existam apresentações teatrais constantemente na cidade de Porto Seguro, e esses objetivos foram alcançados em mais de 100%.
Por conseqüência foram criadas platéias para o teatro e tornamos a cidade, que é um dos maiores pólos turísticos do Brasil, uma parada obrigatória para toda grande turnê teatral que esteja sendo apresentada na Bahia, já que Porto Seguro tem uma imagem de ser um local somente de festas noturnas, os grupos teatrais utilizavam nossa cidade somente para pernoitar, e conseguimos mais que isso, hoje renomados grupos vem para apresentações exclusivas em nossa cidade.
Isso fez que aumentassem os custos das apresentações, mas os preços se mantiveram os mesmos, nunca ultrapassando 30 reais o preço de inteira, e disponibilizando pontos de vendas antecipadas para o preço de meia entrada.
Hoje fica claro que é preciso melhorar a divulgação dos espetáculos e ampliar para todos os bairros de nossa cidade.
A divulgação é feita principalmente em instituições de ensino, já que o estudante e um agente cultural e leva a informação para seu núcleo familiar e de amizade.
Outra preocupação e o tratamento que será prestado aos grupos, já que a impressão levada por eles da nossa cidade é de vital importância, já que esses grupos serão os principais divulgadores da nossa cidade para outros grupos, o que propiciou uma busca por agendar espetáculos em Porto Seguro cada vez maior. Pelo tanto é fundamental oferecer-lhes uma boa alimentação, hospedagem e transporte interno. O apoio do empresariado local nesse requisito e indispensável e graças a empresas que apóiam a Campanha, como hotéis, restaurantes, gráficas e outros segmentos que ajudam a pagar a divulgação e transporte, aos meios de comunicação, graças a eles a produção tem logrado oferecer aos grupos o tratamento ideal.
Para a continuidade da Campanha nesse ano 3 da mesma, é necessário apoio de transporte interno/externo (buscar grupos em cidades próximas) e passagens aéreas, já que cada vez mais, grupos de outros estados querem vir apresentar em Porto Seguro, e se esses custos forem repassados aos ingressos, aumentará muito o valor dos mesmos, tornando inviável a popularização do teatro.


Um agradecimento fundamental é para a “Fundação de Cultura do estado da Bahia”, que através do “Centro de Cultura” oferece seu teatro, que tem toda infra-estrutura para as apresentações teatrais.
Em 2 anos de campanha foram trazidos 50 peças, e foram feitas mais de 150 apresentações.
Foram espetáculos teatrais de todos os gêneros, com artistas globais e outros grandes atores e atrizes do teatro nacional, tudo esta devidamente comprovado através de matérias em jornais, em sites, borderôs, são mais de 60 publicações feitas ate o momento, que se referem a Campanha.
Já tenho uma agenda com vários espetáculos marcados ate dezembro de 2011.
Nesses 2 anos de espetáculos apresentados em Porto Seguro atingimos um público de 18.800 pessoas.
No 1º ano da Campanha, aproximadamente 7.000 pessoas foram ao teatro, já no 2º ano quase 12.000 pessoas compareceram ao Centro de Cultura, aumentando em quase 80% o público em relação ao 1º ano.
Como braços da campanha foram criados dois projetos; “Projeto escola no teatro”- que visa trazer os alunos ao teatro para que, além de assistirem o espetáculo conheçam o Centro de Cultura e todas as atividades culturais que o mesmo oferece e o “Projeto teatro na escola”-foi percebido que apesar da divulgação direta, os alunos da rede pública de ensino, na sua maioria não freqüentavam o Centro de Cultura, a solução então foi levar o teatro ate eles, praticando um preço accessível para que todos pudessem conhecer, muitos pela primeira vez a “arte cênica”.
Através da Campanha foi criado um interesse teatral muito maior por parte de professores e alunos, hoje vários colégios trabalham com dramatizações de textos e contos e foi dado o estímulo necessário para formação de grupos teatrais dentro das redes de ensino, sejam elas públicas ou particulares.
Para o 3º ano da Campanha acrescentarei uma palavra a mais, porém muito importante no slogan do projeto, ficará assim: “Vá ao teatro MUNICIPAL...e me leve junto”.
O que antes parecia uma “utopia”, apenas um “sonho”, esta se tornando cada vez mais real.

Até o momento, já foram apresentamos:

Ø 16 espetáculos infantis:

· “A Bela Quase Adormecida”,
· “Aladdim”,
· “João e Maria”
· “O Patinho Feio”;
· “Pica pau na terra de Muriluz”
· “Brincando de brincar” por 02 vezes
· “Abracadabra”
· “O mundo de Zó”
· “O menino maluquinho”
· “Caravela tupiniquim”
· “A hora dos Brinquedos”
· “A Formiga, a Cigarra e a Abelha”
· “OS SALTIMBANCOS”
· “Alice no País das Maravilhas”
· “O Aniversário do Chaves”

Ø 07 dramas:

· “Calabar, O Elogio da Traição”,

· “Casa Número Nada”,
· “O Estrangeiro”
· “Nu de Mim Mesmo” (espetáculo teatral de 3hrs e 40min, somente para 45 pessoas);
· “Dinossauros ou...ainda é hoje?”
· “Rosas Brancas para Salomé”
· “Os Campeões” drama contemporâneo

Ø 01 manipulação de bonecos:

· “Peer Gynt”

Ø 01 Literatura de cordel:

· “ O romance do pavão misterioso”

Ø 01 Teatro do Absurdo:

· “Uma lição longe demais”


Ø 01 musical adulto:

· “Cabaret- Neo Burlesco

Ø 23 comédias, com diversidades de estilos:

· “São Sarandim” (comédia de costumes),
· “Pretas Por Ter” por 03 vezes em diferentes meses (besteirol),
· “Boca no Trombone” (comédia literária),
· “Sequelados” (stand up comedy),
· “A Velha na Janela” (Comédia Espiritual) 02 vezes em diferentes meses
· “Boa Mãe que Te Pariu” (comédia em esquetes)

· “O diário de Débora” (comédia adolescente)2010

· “O Diário de Débora – Elenco e nova direção 2011)
· “Dona Casmurra” (comédia romântica literária) 2 vezes em diferentes meses
· “Escola pra machos” (comédia besteirol)
· “Ninguém merece” (Comédia de bolso)
· “Garotos” (Comédia musical) 2 vezes em semanas diferentes
· “Sexo sem Limite” (Comédia adulta com projeções de imagens)
· “As Bondosas” (Comédia alegórica)
· “Caso Sério” (Comedia Emotiva)
· “Você não é estranho” (Stand-up Comedy, 1º em espaços alternativos; Boliche e Radiola Pub)
· “Martando de Rir” ( 1º Stand-up Comedy feminino apresentado em Porto Seguro)
· “Zezilda em Alegria de Pobre Dura Pouco”


Para abrir o ano 3 será apresentada a comédia de costumes, "BAIANIDADE BAIANA" da Cia Baiana de Risos, mesma Cia dos sucessos; Pretas Por Ter e A Velha na Janela.
O espetáculo "Baianidade Baiana" será nos dias 24 e 25 de Setembro às 20h, os ingressos custaram 20 reais inteira e 10 reais meia/antecipados/ e ou apresentando o panfleto na bilheteria do Centro de Cultura.
Sua presença e divulgação é de vital importância para a continuidade da mesma então...Vá ao teatro e...Leve alguém junto.

Adriano Cutrim
Ator / Produtor e Idealizador da
"Campanha Vá ao Teatro e Me Leve Junto"

1 comentários :

 
Top