Placa bacteriana é o conjunto de restos de comida mastigada com células descamadas dos tecidos bucais, que são contaminadas pelas bactérias que habitam a flora bucal.
As bactérias metabolizam (transformam e consomem) todo esse material e deixam como resíduos substâncias ácidas que danificam a superfície dental, causando as cáries (cavidades) nos dentes e consequentemente infestam o canal, causando a morte da polpa dental (nervo), levando a infecções sérias, até abcessos com pus e inflamações (inchaços) da face. Além disso, podem causar gengivites (inflamações e infecções na gengiva) e periodontites (inflamações e infecções no osso em volta dos dentes), causando até perdas ósseas, trazendo mobilidade nos dentes e consequente perda dos mesmos.

Cuidados:
Uma cuidadosa limpeza diária, após as refeições, com escovas adequadas (macias) e uso correto do fio dental já serviria para remover totalmente a placa bacteriana logo que ela se formasse. O uso correto da escova e do fio dental já dispensaria o uso dos famosos enxaguatórios bucais, tão propalada na mídia. A visita periódica (de 6 em 6 meses) ao seu dentista seria um bom método para manter sempre em dia a saúde bucal.

Sinais preocupantes:
Um sangramento gengival é indício de inflamação da mesma. A gengiva quando se inflama, os primeiros sinais são o sangramento fácil, inchaços na margem gengival, inclusive entre os dentes, tornando também um vermelho mais escuro nessas áreas e finalmente dores que podem ser moderadas até muito fortes! Se a placa não é removida logo que se forma, há uma grande possibilidade de se endurecer, grudando nos dentes, calcificando-se pela ação das substâncias contidas na saliva, que se chama cálculo salivar (tártaro). Uma gengivite pode progredir para uma periodontite.


O ultrassom permite uma remoção mais rápida e menos
traumatizante do que a raspagem manual.
Tratamentos:
A remoção da placa bacteriana, por si só, pode fazer regredir uma gengivite para o estado normal da gengiva. Para tanto, basta eliminar toda a placa dos dentes com o uso do fio dental e da escovação correta. O jateamento com bicarbonado de sódio pode limpara com mais rigor, ajudando a restaurar a saúde da gengiva. É um procedimento que exige uma destreza e muito cuidado por parte do operador para não causar danos à gengiva. O cálculo salivar só pode ser removido através da raspagem manual ou pelo uso do aparelho de ultrassom e também só pode ser operado por um profissional competente.


--
Dr. Gentil Toshiyuki Tamada - Odontólogo
Av. João Carlos da Silva Borges, 1261 (sobreloja)
Jd. Santo Antönio - Granja Julieta - CEP: 04726-002 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 5641-0878 - Cel.: (11) 7255-7376

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top