Cada vez mais pesquisado e reconhecido, a diversidade cultural brasileira ultrapassou nos últimos anos discussões puramente acadêmica e chega às sanções governamentais.

A Educação Brasileira tem por objetivo, como especificada na Lei nº 10.639/2003 e nas Diretrizes Curriculares Nacionais, “o reconhecimento e valorização da identidade, história e cultura dos afro-brasileiros, bem como a garantia de reconhecimento e igualdade de valorização das raízes africanas da nação brasileira, ao lado da indígena”.

Pensando dessa forma, apresentamos, nesta coleção, doze lendas sobre os deuses africanos abordando variados temas, presentes não apenas na cultura afro, mas que são universais, como a defesa da natureza, o respeito ao idoso entre outros.

Através da literatura, podemos alcançar os pequenos leitores de uma maneira mais instigante, nunca deix¬ando de lado o aspecto lúdico e fantástico dos mitos e lendas.

A autoria dos textos e ilustração da coleção Mãe África é do respeitadíssimo escritor e ilustrador Mauricio Pestana, autor de dezenas de livros que ressaltam a contribuição cultural e luta dos afros descendentes em nosso país.

Pestana que goza, inclusive, de reconhecimento internacional, neste trabalho mira sua criatividade para o público infanto-juvenil e mais uma vez surpreende com sua arte, direcionada agora de forma lúdica e mística a contar as histórias e lendas dos deuses africanos.

Outra inovação da coleção são as apresentações dos livros que trazem nomes famosos da cultura afros, como a cantora Margareth Menezes, do ator Antonio

Pompeu, da atriz Adriana Lessa, do cantor Wilson Simoninha, da educadora Mara Felipe da Escola Olodum entre outros.

Lançamento, dia 21 / 11/ 2011, às 17 horas
Museu Eugênio Teixeira Leal.

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top