Hoje eu me lembro, de quando cheguei aqui em Porto Seguro, em Janeiro de 1996.

Lá pelas tantas, encontrei um hippie, daqueles que ainda existiam naquela época.

Jovem, lúcido, por incrível que nos pareça.

Como era comum, conversávamos sobre as coisas das nossas vidas, objetivos, pareceres, impressões, etc.

Papo, tudo papo.

Mas lá pelas tantas também.

E sem drogas.

Hoje eu ainda o vejo, alegre, cabelos castanhos, quase louros, encaracolados, roupa colorida, leve e solta. Traços finos, paulista! Porte médio, pequeno por fora, grande por dentro

Estava por aqui, em sua peregrinação, rumo ao esférico da sua alma.

De repente, durante a conversa, sem que eu esperasse, ele me disse muito clara e sinceramente.

: A Felicidade Remove Montanhas.

Eu como todo carola, cheio de gabolices!!!

Não acreditei, e custo a acreditar ainda hoje, que essa é a mais verdadeira natureza da alma humana, para a sua realização completa.

Caríssimos amigos, colegas, mães, pais, todos que me lêem com freqüência.

Desejo a todos, e espero sinceramente que essa felicidade que remove as montanhas, que remove os obstáculos de nossas vidas.

Seja verdadeira em cada minuto, em todos os instantes, e segundos de nossas vidas.

Creiam que não é fácil, porém não é impossível, acontecer durante a nossa vida.

Um pouco de fé, um pouco de esperança, mais uma pitada de amor, um tempero caseiro, uma amor verdadeiro, um pouco mais de dinheiro, uma benção, duas ou três palavras de amor e sinceras, cuidados uns com os outros, sentido na vida, um bom companheiro, seja lá de onde ele vier, mas que seja amigo em todos nossos momentos, pai, ou mãe, irmãos. Colegas de trabalho, colégio.........

Tudo pode acontecer.

Quando a felicidade chegar não a expulse da sua vida.

Seja verdadeiro e fique em paz com ela, acolha-a, faça residência e amor com ela.

Conte para ela suas histórias, suas desventuras, suas frustrações, seus desesperos.

E aconteça que ela fique com você e dentro de você o maior tempo que ela puder e que você quiser.

Nunca a mande embora, de sua casa, de seus amigos, parentes, companheiros de trabalho, de estudo, de jornada espiritual.

Lembre-se que Rudolf Steiner nos falou: somos seres espirituais fazendo uma vivência na Terra.

Só que ele nos esqueceu de falar que o amor é possível, que querer bem e viver bem é possível.

Basta deixar as portas da sua alma escancaradas pela felicidade, quando ela bater na sua porta e você a deixar, e convidar para, entrar.

O Salmista da Bíblia, disse em Cântico dos Cânticos, que ao amor pertence o dia, e a hora.

Da felicidade, chegar e entrar.

Atenciosamente.

15/11/2011.

Autor: Dr Cesar de Porto Seguro.

1 comentários :

  1. Dr. Cesar: Como sempre, todo espírito.Sou sua fã.

    ResponderExcluir

 
Top