O clima é de euforia e o gosto de quero mais, entre as alunas, professores e a secretária de Educação, Dilza Reis, que acabam de retornar de uma viagem de 12 dias a Portugal. O intercâmbio cultural foi financiado pela Prefeitura de Porto Seguro, conforme lei aprovada pela Câmara Municipal, como um prêmio para os alunos de escolas municipais que se destacaram nas Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas (OBEMEP), premiadas em 2009 e os respectivos professores da disciplina.

Além da secretária de Educação, Dilza Reis, a comitiva incluiu as alunas Hannah Sales de Oliveira (Colégio Municipal), Aiwny Cássia Jorge Antonino (Colégio Municipal) e Dalila Teixeira Rodrigues (Escola Alcides Faustino – Vera Cruz), além dos professores José Carlos Vicente, Walmirian Machado Vera e Sonia Maria São Leopoldo.

“Eu fiquei muito feliz, porque não é todo mundo que com 16 anos tem a oportunidade de conhecer a Europa. Hoje eu tenho muito mais conhecimento do que quando fui. Aprendi tanta coisa, que nem cabe mais cultura na minha cabeça”, brinca a estudante Hannah, com um sorriso largo estampado no rosto. Ela já pensa em começar a juntar dinheiro para voltar à Europa e aconselha os demais estudantes da rede municipal a se dedicarem aos estudos para, quem sabe, terem a oportunidade de viajar também.

Banho de cultura

Até que a oportunidade batesse em sua porta, Dalila nunca tinha pensado em viajar para a Europa. “É deslumbrante! Um outro continente, um outro país, que tem tanta relação com o Brasil. Ver de perto a cultura, o estilo de vida dos portugueses é muito melhor que aprender nos livros. Valeu demais!”, resume. Já a estudante Aiwny, que saiu de Pindorama para Portugal define a viagem como “maravilhosa”. “Descobri que existe um lugar no primeiro mundo tão diferente e ao mesmo tempo tão cheio de história e tão parecido com a nossa cultura”, avalia, já sonhando em voltar um dia, “quando terminar os estudos”.

A viagem a Portugal foi marcada por homenagens à comitiva de Porto Seguro - que foi recebida com todas as honras - e visitas interativas a monumentos, museus, castelos, bibliotecas, fortalezas, praças e igrejas. O roteiro incluiu as cidades mais importantes na relação com Porto Seguro e com o Brasil – Lagos, no Algarve, de onde partiram as primeiras navegações; Belmonte, onde nasceu e foi enterrado Pedro Álvares Cabral; Fafe, cujos gestores construíram a Casa de Cultura Portuguesa em Porto Seguro; Coimbra, com sua biblioteca e um acervo de 44 mil livros e Lisboa, com toda a sua riqueza histórica e cultural.

Chance de ouro

Para a secretária de Educação, a viagem superou todas as expectativas. “Vivenciamos uma experiência muito importante, que fará uma diferença muito grande na vida de cada um desses alunos e professores. A Europa respira história e o contato com essa cultura é um legado para o resto de nossas vidas”, salienta. A secretária elogiou a “sensibilidade do prefeito Abade, que tomou a iniciativa e cumpriu a palavra que ele deu dentro de uma escola”.

Dilza afirmou ainda o tempo inteiro que o prefeito pediu atenção especial para esse intercâmbio. “O prefeito me disse que não abriria mão de proporcionar aos alunos e professores essa oportunidade. O empenho dele foi extremamente positivo e o resultado melhor ainda”, enfatiza, acrescentando que Abade já criou o decreto e vai manter o programa. “Novos professores e alunos serão contemplados”, adianta a secretária.

Encontro com as raízes

Durante a viagem a professora Walmirian, que é neta de portugueses, teve a oportunidade de resgatar suas raízes. “Foi muito emocionante e o acesso que tivemos à cultura. Foi uma experiência muito marcante em nossas vidas”, declara. Já o professor José Carlos Vicente tem a certeza de que todos voltaram com um novo olhar. “Nós voltamos renovados. Tudo foi uma grande surpresa, desde a receptividade e a simplicidade dos prefeitos e vereadores, ao banho de história e cultura”, destaca.

A professora Sônia Leopoldo demora a encontrar as palavras para descrever tudo o que viu. “Tivemos a oportunidade de vivenciar tudo o que lemos e aprendemos. O grande legado é a educação e vi que uma nação realmente se faz pela educação”, ensina. Os professores e alunos aproveitaram para agradecer e parabenizar a iniciativa do prefeito, esperando que outros gestores sigam o mesmo exemplo.

Mais fotos:











Hilda Rodrigues

Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top