Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da cidade e para a educação de crianças e jovens, especialmente em matéria de preservação ambiental, a operadora de turismo CVC, através da empresa Bellini Cultural, deverá trazer a Porto Seguro o projeto “Planeta Água – Mundo Sustentável”, desenvolvido em 2003 e executado em todo o País, com os apoios da Universidade de São Paulo (USP) e da TV Cultura.

O projeto itinerante consiste em uma tenda com 200 metros quadrados, instalada em ponto estratégico da cidade, onde o público recebe informações acerca do tema sustentabilidade, divulgadas mediante apresentações teatrais. “Levamos para todo o Brasil um espetáculo de qualidade, tendo alcançado quase 300 mil crianças, que aprendem o que é sustentabilidade de forma lúdica”, explica Felipe Amorim, gerente de Marketing da Bellini Cultural.

Segundo Felipe, as crianças, com idades entre sete e treze anos, recebem um CD com as musicas da peça, participando também de um bate papo com os atores e de uma maratona reciclável.

O projeto Planeta Água é patrocinado pela Volkswagen e pela Lei de Incentivo à Cultura, do governo federal.

Para discutir a vinda do projeto ao município, foi realizada uma reunião, na última quarta-feira, 16, na sede da Secretaria de Turismo, da qual participaram secretários municipais; o vereador Paulo Onish; a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Porto Seguro, Cecília Nakamura; o presidente da Associação Comercial de Porto Seguro, Geovson Magno; a gerente de Comunicação Corporativa e Imprensa da CVC, Priscila Bures; o Product Manager da CVC, Fábio Dias; Juliana Christão e Felipe Amorim, gerente de Marketing e Assistente Geral de Projetos Especiais da Bellini Cultural; Michelle Martins, coordenadora do projeto Planeta Água, entre outros.

Parceria entre a CVC e a prefeitura

De acordo com Priscila Bures, toda a equipe da CVC está voltada para Porto Seguro, em função da sua importância turística em níveis nacional e internacional. “Trazemos um grande volume de turistas, mas queremos contribuir para esta cidade, inclusive com o projeto de revitalização das praças". pontuou.

Michelle Martins considerou que, para a comunidade, é preciso se pensar numa logística diferenciada, criando modelos adequados para públicos distintos, inclusive turistas.

No que tange a divulgação, o secretário de Turismo mencionou os apoios de entidades como a CDL e o Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Extremo Sul da Bahia (Sindhesul). Ele disse ainda que emissoras de TV filiadas à Rede Globo e a italiana RAI cobrem a região, podendo veicular as informações do projeto.

Para Geovson Magno, a oportunidade é valiosa para se buscar a interação entre o morador de Porto Seguro e o visitante. O presidente da Associação Comercial explanou que crianças de outros estados podem levar informações adquiridas em nossa cidade e transmitir em seu local de origem, reforçando o aspecto cultural.

Pedro Ivo Rodrigues

Fotos: João Cordeiro

Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top