Eleito como representante de Porto Seguro, o jovem Lucas Nicácio participou da IV Conferência Estadual da Cultura, com o tema “Planejar é Preciso”, que foi realizada no início de dezembro em Vitória da Conquista.
Durante o evento, representantes dos mais diferentes segmentos artísticos, de diversos municípios, também estiveram presentes. Cantores, atores, produtores culturais, diretores teatrais, entre outros profissionais do setor cultural, participam dos debates que irão auxiliar o Governo do Estado a definir os eixos do Plano Estadual de Cultura, previamente elencados em encontros municipais, territoriais e setoriais, que somados, totalizam mais de 350 eventos.
Na oportunidade, o governador Jaques Wagner sancionou a lei que cria o Sistema Estadual de Cultura, aprovada no último dia 22 pela Assembleia Legislativa. “Essa foi uma das demandas apresentadas na terceira conferência”, disse o governador. Durante o ato, também foi assinado o Acordo de Cooperação Federativa, que insere a Bahia ao Sistema Nacional de Cultura.
Para o representante de Porto Seguro, um dos pontos mais importantes da nova lei é o artigo 22, que determina que o município integrante do Sistema Estadual de Cultura tem prioridade na obtenção de recursos para o financiamento de projetos e ações culturais. “Isso é importante porque muitos municípios da Bahia não têm um fundo de cultura, e a lei acaba instigando o município a criar um fundo e ter um conselho para gerir e fiscalizar a cultura”, explicou.
Lucas também salientou que o importante agora é trabalhar para que o Conselho de Cultura de Porto Seguro se torne mais atuante. “Enquanto delegado do município, vou trabalhar para que fique mais fortalecido enquanto sociedade civil”, completou.
Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top