Supervisor de projetos do Sebrae, Alex Brito, apresenta Projeto
de Turismo a empresários da Costa do Descobrimento
 
Contribuir para a gestão empreendedora e competitiva dos pequenos negócios turísticos para aumentar o faturamento e o número de pessoas ocupadas nos empreendimentos. Esse é o principal objetivo do Projeto de Turismo da Costa do Descobrimento apresentado pelo Sebrae aos empresários da região, durante um encontro na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), em Porto Seguro.

O projeto compreende ações para um período de três anos e teve início em 2011. O gestor de projetos de Turismo e Artesanato do Sebrae na Bahia, Enivaldo Piloto, explicou que até 2013 os focos estratégicos do projeto serão o estímulo à cooperação empresarial, fortalecimento da governança da atividade e incremento da inserção social no turismo através do estímulo à produção associada.

Além disso, as ações visam a capacitação da gestão empresarial e profissional para a melhoria dos serviços, acesso a mercados para aumento dos negócios das empresas e formatação de novos produtos.

Piloto afirmou também que o projeto pretende aumentar o faturamento médio das empresas em 10% até o final de 2012, e em 15% até o final 2013, sempre em comparação com 2010. “Também queremos elevar a ocupação formal de pessoas das empresas atendidas pelo projeto nestes mesmos índices”, acrescentou. De acordo com o gestor, a grande premissa será conseguir a efetividade das políticas públicas municipais para o turismo.

O supervisor de projetos do Sebrae, Alex Brito, destacou que a primeira ação do projeto será o recadastramento das empresas atendidas. “Não queremos apenas atualizar nosso banco de dados, mas conhecer as empresas a fundo, principalmente suas dificuldades”, afirmou. Após esse processo, o projeto prevê gestão e monitoramento das ações e acompanhamento das avaliações.

Outra ação prevista é um fórum de desenvolvimento regional, que vai atingir vários segmentos. Para fortalecer a produção associada os empresários vão poder participar do V Encontro de Artesãos da Bahia, no dia 21 de março, em Salvador, além da Feira Baiana de Artesanato, em setembro, e de consultorias e capacitações. O acesso a mercados vai acontecer através do Salão Baiano de Turismo, da Feira da Associação Brasileira de Agências de Viagens da Bahia (Abav) e de Rodadas de Negócios.
Da Agência Sebrae

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top