Inscrições podem ser feitas por e-mail até 25 de março; seleção acontece no dia 26 de março

Depois das montagens de Retalhos Imortais do Ser Afim, Os 3 Preguiçosos, Casos e Acontecidos de um Cabra da Peste e atualmente envolvido com a montagem dos espetáculos Uati Porra is iti? e Amostra Grátis o diretor e professor Rod Pereira já inicia os preparativos do seu próximo espetáculo teatral Mar Morto.

Os interessados em fazer parte do elenco podem enviar e-mail para studiodoator@gmail.com até 25 de março. A seleção será realizada no dia 26 de março a partir das 18h, no Centro de Cultura. Podem se inscrever homens de 14 a 50 anos; mulheres de 14 a 40 anos e meninas de 9 a 12 anos, não sendo necessária experiência em teatro.

A adaptação do livro de Jorge Amado, cujo centenário de nascimento será comemorado este ano, segue fielmente o cenário e as ações contidas no livro. Ao adaptar, levei em conta o preciosismo da obra amadiana, sem perdas dos fatos e personagem narrados nessa transposição para os palcos, explica Rod Pereira.

Um dos autores brasileiros mais festejados de todos os tempos, o baiano Jorge Amado criou algumas das histórias e personagens mais famosos, carismáticos e atrevidos da nossa literatura. Com suas narrativas, trouxe a Bahia para o coração do país e revelou-se um valioso intérprete tanto da cultura baiana quanto da brasileira. O pontapé inicial para os festejos do centenário de nascimento do autor foi dado em 2008, com a reedição de todas suas obras, além de lançamentos de filme, exposições, etc. A Montagem de Mar Morto por Rod Pereira, será um dos eventos que farão parte das comemorações do centenário do autor.

A história é retrata a vida dos que vivem no cais de Salvador, com sua rica mitologia que gira em torno da fé, nas crendices e Iemanjá. a trajetória de vida do par amoroso Guma e Lívia. Suas vidas entrelaçam os dramas de inúmeros personagens muito vívidos no cais: como Rufino, Esmeralda; do velho Francisco, tio de Guma e desbocada Rosa Palmeirão, de punhal no peito e navalha na saia, além de abordar de forma intensa a figura do mar e o cotidiano das pessoas que vivem à beira do cais da Bahia lutando pela sobrevivência.

Maiores informações sobre a seleção de elenco podem ser obtidas no Centro de Cultura de Porto Seguro, no telefone (73) 3288-1388, ou com Rod Pereira, pelo telefone (73) 9113-6636 ou através do e-mail studiodoator@gmail.com

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top