Fundação Cultural do Estado da Bahia selecionará propostas em diversos campos da arte, premiando os melhores projetos em dinheiro

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) está promovendo o Calendário de Artes, um concurso cultural para seleção de propostas que incentivem o desenvolvimento das artes nos Territórios de Identidade do estado.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 02 de abril, via Correios, sendo o formulário de inscrição disponibilizado através do endereço eletrônico www.fundacaocultural.ba.gov.br/calendariodasartes.

De acordo com a Funceb, o Calendário das Artes é resultado da simplificação, ampliação e territorialização do Calendário de Apoio a Projetos Culturais, que o órgão realizou entre os anos de 2008 e 2011, tendo por objetivo reformular o seu mecanismo a partir de um processo de diálogo com a sociedade. O projeto prevê mais verbas para atividades artísticas, a partir do lançamento de editais.

O Calendário é realizado em chamadas. A primeira, de três para este ano, é voltada para ações que sejam iniciadas entre 1º de junho e 31 de agosto. O término das ações depende do planejamento da proposta. As melhores propostas receberão premiações em dinheiro, no valor de R$ 13.000,00, que, descontado 20% de imposto, fica em R$ 10.400,00.

Os projetos devem propor ações dentro das áreas de Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas (que envolvem mais de uma área artística).

Apoio da Prefeitura de Porto Seguro

O Calendário de Artes tem o apoio da Prefeitura Municipal de Porto Seguro. Para discutir como se dará esse apoio, foi promovida uma reunião, na última terça-feira, 27, no Colégio Frei Calixto, no Baianão, a partir das 15 horas.

Participaram: o secretário de Cultura, Epaminondas Castro, representando o prefeito Gilberto Abade, demais secretários do município, produtores culturais, representantes de ONGs e educadores, além do vereador Marcos Rodrigues.

O secretário de Cultura informou que existe a proposta de destinação de 1% da arrecadação municipal para a cultura, que deve ser objeto de análise pelos poderes Executivo e Legislativo. “Precisamos estar preparados para formular propostas nesse sentido, inclusive prevendo capacitação das pessoas que lidam com a área”, salientando que a sua pasta tem se organizado para, este ano, lançar editais, escolhendo os projetos de maior relevância. “É necessário o domínio de algumas tecnologias, bem como estudar, fazer planejamentos, discutir e colocar tudo no papel, fugindo do campo teórico e do senso comum”, finalizou.

Texto: Pedro Ivo Rodrigues

Secretaria de Governo e Comunicação

Assessoria de Imprensa - Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top