Secretário estadual de Turismo, Domingos Leonelli, prestigiou o evento

O Projeto Sustentur, que visa proporcionar sustentabilidade ao turismo de Porto Seguro, congregando empresários, gestores públicos e entidades relacionadas ao setor, foi apresentado oficialmente em solenidade promovida no Hotel Porto das Naus, na Orla Norte,da última segunda-feira, 19.

Autoridades presentes

Participaram da cerimônia: o prefeito Gilberto Abade, secretários municipais, o vereador Paulo Onish (Toa Toa); o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) da Costa do Descobrimento, Siegfried Michel; o presidente da Associação Comercial de Porto Seguro, Geovson Magno; a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Cecília Nakamura; o presidente da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Porto Seguro, Amílcar França Pinto; o presidente da Associação dos Taxistas de Porto Seguro, Márcio Santos; o secretário estadual de Turismo, Domingos Leonelli; o presidente da ABIH/BA, Manolo Garrido; o presidente da Rede Portobello de Hotéis e membro da Federação do Comércio do Estado da Bahia (Fecomércio/BA), Cícero Sena; o presidente do Conselho Baiano de Turismo, Sílvio Pessoa; o cônsul honorário de Portugal em Porto Seguro, Moacir Andrade; o diretor comercial nacional da CVC, Vitor Bauab; o gestor de Projetos de Turismo e Artesanato do SEBRAE, Enivaldo Piloto, entre outros.

O secretário municipal de Turismo considerou que o Sustentur contempla a união não apenas dos empresários, mas dos governos e da população em prol da preservação do maior patrimônio da cidade, que é o turismo. “O projeto representa o orgulho de estarmos, todos, num mesmo barco, e a nossa capacidade de concretização do objetivo é imensa”, salientando que o Sustentur já conta com mais de 150 sócios e que dispõe de R$ 500 mil em ativos referentes ao fundo privado.

Princípios que norteiam o Sustentur

O presidente da ABIH da Costa do Descobrimento explicou que, entre os princípios que regerão o Sustentur, estão estimular códigos de conduta ética e promover o congraçamento e solidariedade entre os associados. No tocante ao fundo privado da entidade, a movimentação financeira será via bancária e cobrirá o orçamento dedicado a despesas obrigatórias, em porcentagem, para áreas do turismo. “50% do orçamento serão destinados às ações de divulgação, roadshows, workshops, etc.”, informou.

Composição do Conselho Executivo

De acordo com a presidente da CDL local, o Conselho Executivo ainda não está formado, devido à necessidade de um prazo mais elástico para convidar empreendedores dos distritos de Trancoso, Caraíva e Arraial d´Ajuda. “Esse conselho decidirá como serão empregados os recursos. Os integrantes não serão eleitos, mas escolhidos entre os empresários com notável atuação em suas respectivas localidades. Temos propostas de indicações, porém também há a parte executiva que será eleita dentre as chapas que serão compostas”, disse.

Diretor da CVC: “Queremos trazer mais 16 voos, uma média de 4.000 turistas”

O diretor comercial nacional da CVC afirmou que o projeto significa uma nova etapa no turismo de Porto Seguro. “A nossa empresa passa por um excelente momento. Queremos trazer 300 mil passageiros para este destino. Com a conclusão da reforma no Aeroporto local, pretendemos trazer mais 16 voos, o que representa uma média de mais 4.000 turistas semanalmente”, informou.

O vereador Paulo Onish destacou que Porto Seguro, em comparação com outros destinos turísticos, precisa se desenvolver mais. “O turismo é o motor da nossa cidade. Vamos abraçar essa causa e, tenho certeza, teremos um Porto Seguro melhor”, pontuou.

Leonelli: “O Governo do Estado tem noção da importância de Porto Seguro”

O secretário estadual de Turismo enfatizou que a sua pasta se orienta no sentido da gestão compartilhada e que projetos para o setor não podem ser realizados sem a parceria do trade. “O Governo do Estado tem a perfeita noção da importância de Porto Seguro para a Bahia e para o Brasil. A ideia do Sustentur é brilhante. É uma proposição que, a meu ver, deve ser trabalhada e aprimorada. Iniciativa semelhante foi adotada em cidades como Barcelona (Espanha), gerando resultados positivos”, complementando que levará a ideia para o Fórum Nacional do Turismo, do qual é presidente.

Domingos Leonelli convidou o prefeito Gilberto Abade a participar do 1º Salão de Turismo da Bahia, que será realizado em Salvador, no Centro de Convenções, entre os dias 17 e 19 de maio.

Prefeito Abade: “Turismo de Porto Seguro deve transcender os governos”

Para o prefeito Gilberto Abade, a economia da cidade não pode depender de forças externas, tornando imprescindível a união dos setores envolvidos em favor da sustentabilidade do turismo, que deve transcender os governos. “O turismo de Porto Seguro não pode ficar dependente de prefeitos ou secretários municipais. Precisamos alcançar a autossustentabilidade. Sou sócio do Sustentur, como hoteleiro e como pessoa física”, explanou.

O gestor declarou que um projeto de autoria da senadora Lídice da Mata (PSB) coloca Porto Seguro como capital nacional no dia 22 de abril, data do Descobrimento do Brasil. “O projeto foi encaminhado a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Tenho certeza de que será aprovado”, assegurou.

O prefeito lembrou-se do tempo em que presidiu a ABIH, uma entidade que à época era a principal referência em termos de turismo no município. “Quando linha telefônica era um luxo, tínhamos três ou quatro, além de computadores e dinheiro no caixa para a realização de eventos. As autoridades do Brasil e do exterior prestigiavam a associação. Com o Sustentur, haverá maior divulgação da nossa marca, valorizando os seus produtos turísticos”, arrematou.

Texto: Pedro Ivo Rodrigues

Fotos: Rodrigo Hadja

Secretaria de Governo e Comunicação

Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top