VITRINE DA COSTA
Menção honrosa
Pela construção de personagem e força da interpretação, o júri oficial do 5º Arraial Cine Fest concede menção honrosa à atriz Carice van Houten, pelo filmeThe Happy Housewife, de Antoinette Beumer.

Melhor Documentário Estrangeiro
Pelo diálogo com o universo infantil para abordar o tema da guerra e pelo tocante material que apresenta, o júri oficial do 5º Arraial Cine Fest escolhe como Melhor Documentário Estrangeiro Echoes of War, de Joop van Wijk.

Melhor Ficção Estrangeiro
Pelo equilíbrio de elementos, economia e justeza do discurso, em prol de uma abordagem simples e poética, o júri oficial do 5º Arraial Cine Fest escolhe como Melhor Obra Estrangeira de Ficção o filme Duska, de Jos Stelling.

Melhor Documentário Brasileiro
Pela força do seu personagem e valorização do elemento humano, o júri oficial do 5º Arraial Cine Fest escolhe como Melhor Documentário Brasileiro Argus Montenegro A instabilidade do tempo forte, de Pedro Isaías Lucas.

Melhor Ficção Brasileira
Pela composição singela e rica de personagem e por sua originalidade e excelência técnica, o júri oficial do 5º Arraial Cine Fest escolhe como Melhor Obra Brasileira de Ficção o filme Transeunte, de Eryk Rocha

O júri popular elegeu da Mostra Principal:
melhor filme documentário brasileiro, Walachai de Rejane Zilles
melhor filme ficção brasileiro, Mea Culpa de Julio Lellis
melhor filme documentário estrangeiro, Echoes of War, de Joop van Wijk
melhor filme ficção estrangeiro, Memorias del desarrollo de Miguel Coyula

O júri popular elegeu da Mostra Curta Tudo:
melhor animação Dirkjan Rules de Wilfred Ottenheijm e Remco Polman
melhor video arte Pegadas de Zila de Valério Fonseca
melhor experimental Dadá Show 2 de Marcelo Freitas
melhor documentário Katari Kamina de Pedro Dantas
melhor ficção Depois da Pele de Márcio Reolon e Samuel Telles
melhor video clip Pra te encontrar de Sandoval Dourado

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top