Road Show da Soccerex, empresa líder mundial no negócio futebol, poderá aumentar as chances da cidade receber uma seleção


Porto Seguro marcou um gol de placa rumo à sua candidatura para receber uma seleção durante a Copa do Mundo Fifa Brasil 2014, com a confirmação da cidade como candidata a sediar o 1º Road Show da Soccerex, empresa líder mundial para o negócio futebol.

O evento está sendo programado para ser realizado dia 31 de agosto, no Arraial d´Ajuda Eco Resort, reunindo grandes nomes do futebol, atletas de renome, empresários, representantes de federações internacionais de futebol, cidades sede da Copa, governos estadual e federal e personalidades do esporte mais popular do mundo.

No período de 21 a 23 de abril, a Soccerex realizou a segunda visita de inspeção em Porto Seguro, com o objetivo de avaliar e definir os aspectos operacionais para a realização do evento, que deverá reunir cerca de 500 convidados vips do Brasil e do Exterior. A comitiva incluiu Paul Brighten, Diretor Comercial da Soccerex; Juliana Travassos, Assistente Comercial; Marie Paiser, Diretora de Operações e Larrry Robinson, Diretor de T.I. da empresa,além do coordenador de Relações Internacionais e Esportivas da Secopa, Marco Costa.

Em Porto Seguro eles foram acompanhados nas visitas pela superintendente do Porto Seguro Convention Bureau, que há dois anos está defendendo a candidatura de Porto Seguro como CTS (Centro de Treinamento de Seleções), Patrícia Martins; o superintendente do Sindhesul (Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Extremo Sul), Paulo César Magalhães e a Secretária Municipal de Governo e Comunicação, Sandra Rizo.

“Queremos deixar um legado para o país que recebe a copa e gerar negócios para o mercado local”, afirma o representante da Soccerex, Paul Brighten. Orçado em R$ 700 mil, o 1º Road Show de Porto Seguro terá como investidores o Governo da Bahia, através da Secopa, Porto Seguro Convention Bureau e Sindhesul. Ainda está sendo negociada a participação de outras empresas e entidades. “A realização desse evento é parte de uma estratégia para que Porto Seguro faça uma grande estréia e tenha sua candidatura potencializada”, afirma Patrícia Martins, do Convention Bureau.

O formato final do evento, que por ser a primeira edição será diferente dos demais realizados pela empresa no Brasil e no mundo, ainda está sendo definido, mas segundo os organizadores, incluirá um jantar vip, palestras, mesas de debates e um almoço de networking, para troca de contatos, experiências e realização de negócios. “Vamos intermediar os encontros, trazendo pessoas estratégicas para Porto Seguro, que estarão aqui durante a Copa do Mundo, para eles saírem falando bem da cidade, com foco principal na seleção portuguesa e outras federaçõeseuropéias. O objetivo é gerar conhecimentos e informações, interagir, fazer negócios, inclusive internacionais”, salienta Paul.


Cidade maravilhosa

Perguntado sobre suas impressões sobre Porto Seguro e as chances da cidade ser escolhida para receber uma seleção como Centro de Treinamento ou local para aclimatação, o inglês Paul Brighten é enfático. “Porto Seguro é maravilhoso. A cidade tem tudo que precisa. Rede hoteleira, clima favorável, pessoas acolhedoras, belezas naturais, é um lugar ideal para tirar as seleções do rush das grandes cidades”, avalia.

Segundo ele, as pessoas que estão fazendo a visita técnica na cidade estão apaixonadas. “É importante que a comunidade entenda o legado que uma Copa do Mundo pode deixar. Isso aqui tem que ser mostrado ao mundo. É um grande veículo para vocês se alavancarem”, salienta.

Segundo a Secretária de Governo e Comunicação, representando o vereador Paulo Onish, (Paulinho Tôa Tôa), e que está entre as lideranças locais, empenhadas na realização do evento da Soccerex na cidade. “Não tenho dúvidas que iremos hospedar uma ou mais seleções da Copa do Mundo. O mais importante é o legado que a Copa deixará, incluindo os investimentos que deverão ser feitos na infra-estrutura. Além disso, a grande imprensa estará voltada para Porto Seguro, projetando nossa cidade no mundo inteiro ”, aposta o vereador.

O Coordenador da Secopa, Marco Costa, informa que 800 municípios do Brasil se inscreveram para receber seleções durante a Copa do Mundo. Desses, 270 estão sendo vistoriados pela Fifa. Na Bahia foram 56 inscritos e 19 aprovados para receber a vistoria. “Porto Seguro é um município estratégico, a uma hora de Salvador, próximo de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília. Junto com Salvador e o Litoral Norte, é a cidade, com a terceira rede hoteleira do Brasil, que tem mais potencial,”, aposta.

Com a chacela da Fifa, a Soccerex realiza anualmente uma Convenção Global, que durante os anos de 2010 a 2013, tem como sede o Rio de Janeiro. Na edição de 2011, o Governador da Bahia, Jaques Wagner, assinou um Memorando de Entendimentos para a realização do Fórum Mundial Soccerex na Bahia, nos anos de 2014, 2015 e 2016. Além da Convenção Global, a Soccerex realiza Fóruns na Europa e África. Este ano está programado também um Seminário Soccerex na Nigéria.


Assessora de Imprensa

Hilda Rodrigues

Fotos: João Cordeiro

Sec. de Governo e Comunicação

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top