Os VII Jogos Indígenas Pataxó de Porto Seguro foram encerrados na noite da última segunda-feira, 23, num clima de união entre as nações irmãs e também de muita emoção para os atletas e autoridades, que foram premiados com medalhas, troféus, certificados de participação e brindes.

Após apresentação de todas as tribos participantes, entoando cânticos cerimoniais e carregando objetos característicos da sua cultura, como lanças, os índios impressionaram a plateia com a beleza da sua arte e o congraçamento entre grupos distintos do povo pataxó.

Prestigiaram a festa: o prefeito Gilberto Abade, os secretários municipais de Governo e Comunicação, Administração, Cultura, Esportes e Lazer e o ex-titular da pasta de Trabalho e Desenvolvimento Social. Também compareceu a representante da secretaria estadual de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Sonja Mara Mota.


Premiações
Após a execução das danças e rituais típicos da nação pataxó, foram entregues as premiações. A secretária de Governo e Comunicação entregou o primeiro troféu de participação, sendo seguida pelo secretário de Cultura e pela professora Rônia, premiando competidores das aldeias Juerana, Guaxuma, Reserva da Jaqueira e Imbiriba.

O tricampeão da modalidade arremesso de tacape, Raoni, entregou medalhas aos atletas da Aldeia Imbiriba e Zeca Pataxó, membro do subcomitê da FUNAI, premiou os guerreiros da Aldeia Velha.

Em seguida, os secretários do município foram premiados com medalhas, por terem prestado apoio ao evento.



O prefeito Abade recebeu a medalha das mãos de Luzia Pataxó, uma das coordenadoras dos Jogos Indígenas.

A secretária de Governo e Comunicação entregou certificado de participação ao cacique Sinvaldo, da Aldeia Guaxuma, e o secretário de Cultura entregou o certificado a cacica Das Dores.

Desfile Cultura Viva Pataxó
Já na entrega das premiações do Desfile Cultura Viva Pataxó, o prefeito colocou a faixa na jovem Ariema, da Reserva da Jaqueira, que ficou em primeiro lugar, ganhando ainda uma bicicleta. A secretária de Governo e Comunicação vestiu a faixa em Tanara, da Boca da Mata, terceiro lugar, e a representante da secretaria estadual de Justiça de Cidadania vestiu a faixa em Micom, da Aldeia Imbiriba, segundo lugar.

Na categoria masculino, o resultado foi na seguinte ordem: Itaguari, da Aldeia Barra Velha, primeiro lugar; Macaiaba, da Reserva da Jaqueira, segundo lugar, e Maiurá, da Aldeia Imbiriba, terceiro lugar.

Finalizadas as premiações, foi realizada a dança Awê, que na tradição pataxó representa boa sorte, e encerrado o evento.



A secretária de Governo e Comunicação enfatizou a importância da Superintendência Indígena, órgão ligado a sua pasta, por prestar auxílio imediato a quaisquer demandas das aldeias existentes no município. “Essa equipe pode ser definida pela palavra superação, pois o amor que tem para com os indígenas é algo que merece profunda admiração e respeito. Coordenada por Soraia Perello, uma pessoa amada não apenas pelos índios, mas por todo Porto Seguro, assim como Juari e Luzia Pataxó”, salientando que tem muito orgulho de fazer parte dessa família.



Prefeito Abade: “Temos um grande orgulho pela comunidade pataxó”



O prefeito Gilberto Abade declarou que o seu sentimento por ter participado do VII Jogos Indígenas é de incentivo ao fortalecimento dos laços culturais com o povo pataxó. “O índio é um ser humano como todos nós, que deve ser respeitado e ter os mesmos direitos e oportunidades. Nós trabalhamos valorizando essas comunidades e trazendo para elas os serviços de educação, saúde e ações culturais, mostrando ao Brasil e ao mundo que o índio é muito importante para Porto Seguro e que temos um grande orgulho pela comunidade indígena pataxó”, explanou.



Pedro Ivo Rodrigues

Fotos: João Cordeiro

Secretaria de Governo e Comunicação

Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top