Diretores e coordenadores da rede municipal de ensino de Porto Seguro participaram, dia 30 de março, no Ceame, do 1º Encontro do projeto Educando com a Horta Escolar em 2012. Durante o evento - que contou ainda com a presença do engenheiro agrônomo do projeto, Lázaro Vinhas e da nutricionista, Monique Pessoa - a coordenadora Tatiana Longo fez uma avaliação das atividades em 2011 e apresentou as novas metas e propostas para este ano, quando a equipe espera ampliar o sucesso da proposta, que virou referência internacional em 2011.

O engenheiro agrônomo do projeto ressaltou a importância da parceria dos diversos setores da escola, desde o porteiro até a cozinheira, para atingir melhores resultados. Ele solicitou ainda aos diretores que informem sempre sobre o material necessário e se comprometeu a percorrer as 32 escolas integradas ao projeto, oferecendo orientações técnicas e acompanhando os resultados. Entre as ações concretizadas no ano passado estão a realização de um encontro internacional, lançamento de um livro, seminários de pais e alunos, além da formação continuada de professores

A coordenadora compartilhou com os parceiros do projeto as conquistas, estimulando-os a enfrentar as dificuldades do dia-a-dia por uma causa maior, demonstrando o quanto vale à pena prosseguir. “A experiência de Porto Seguro foi apresentada como referência para 17 países, mais um motivo de orgulho e estímulo para todos nós envolvidos. Contamos com vocês para continuar vestindo a camisa e dar seguimento ao projeto para avançarmos sempre. Graças a vocês o projeto chegou a esse patamar”, assinalou.

Tatiana salientou ainda o convite dirigido ao prefeito Abade, à secretária Dilza e à coordenação do projeto, para apresentar, em Brasília, a experiência de Porto Seguro a 200 prefeitos de todo o Brasil, que estão aderindo este ano ao projeto. Ela anunciou ainda a ampliação da proposta em 2012, para a área de gastronomia. A nutricionista da equipe se dispôs, inclusive, a elaborar cardápios especiais para as crianças com alergia e necessidades alimentares específicas.

Diretrizes e estratégias

Durante o encontro, foram destacados ainda os papéis dos diretores, coordenadores pedagógicos e professores. Entre as diretrizes apresentadas pela coordenadora para este ano estão ainda: estudo e debate acerca da função social da escola, dos professores, do currículo e a metodologia em busca da qualidade e formação de pessoas conscientes, responsáveis éticas. Aliás, segundo Tatiana, “ética” será a palavra de ordem para 2012.

De acordo com a coordenadora, entre as principais estratégias do projeto para 2012 estão: a formação continuada dos professores e demais colaboradores; incentivar e oportunizar aos professores a descoberta dos próprios caminhos para a prática transdisciplinar; relacionar a teoria à prática; orientar o projeto de modo que ele seja conduzido pela comunidade escolar e não responsabilidade de um único profissional e buscar parcerias com a comunidade.

Texto e fotos: Hilda Rodrigues

Secretaria de Governo e Comunicação

Assessoria de Imprensa - Educação

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top