Nutricionista orienta sobre como fazer uma merenda gostosa e saudável

Cerca de 60 merendeiras e ajudantes participaram, dia 25 de maio, no Colégio Frei Calixto, do Treinamento para Manipuladores de Alimentos, coordenado pela nutricionista Rita Pelosi, do Setor de Merenda Escolar da Secretaria de Educação de Porto Seguro. O objetivo do curso é auxiliar as profissionais, fornecendo dicas - do ponto de vista nutricional, higiênico e sanitário - relacionadas ao preparo, armazenamento e distribuição dos alimentos.

O treinamento foi iniciado com uma dinâmica, conduzida pela pedagoga Fabíola Falcão, do SOE (Serviço de Orientação Educacional), estimulando a reflexão sobre conceitos como, união, respeito, dedicação, otimismo, compreensão e companheirismo. “É importante que todas vocês atuem como educadoras, sabendo servir e tratando com respeito os alunos e colegas de trabalho”, destacou a orientadora.

De acordo com a nutricionista Rita Pelosi, para preparar uma merenda gostosa e saudável, é necessário atentar para diversos aspectos, que começam com o planejamento, verificando se estão disponíveis os produtos e utensílios necessários ao preparo da alimentação dos alunos, de acordo com o cardápio criado e disponibilizado pela nutricionista.

“Os cardápios são importantes porque são balanceados, visando atender as necessidades do dia-a-dia das crianças. Para prepará-los, a alimentação deve ser gostosa, atrativa visualmente, de textura ideal, servida em quantidades adequadas e consumida em condições agradáveis”, ensinou a nutricionista. Ela apresentou aos participantes a Pirâmide dos Alimentos, com os principais nutrientes e suas funções e alertou para a importância de se evitar o desperdício nas escolas.

Higiene é fundamental

Outro aspecto fundamental reforçado por Rita Pelosi foi com relação às condições de higiene das pessoas que manipulam os alimentos e do ambiente físico onde elas trabalham. “É preciso estar de banho tomado, não usar adornos nas mãos, proteger os cabelos com uma touca, usar roupas limpas e unhas curtas e sem esmalte, evitar falar, tossir ou espirrar enquanto prepara e serve os alimentos”, salientou. Ela alertou ainda sobre a conservação e data de validade dos produtos industrializados.

Durante toda a exposição, as merendeiras ouviram atentamente e demonstraram muito interesse nas informações apresentadas. “Às vezes a gente tem uma idéia e se a gente souber o jeito certo de fazer, facilita muito. Tem um ano que eu sigo as regras direitinho. Esse curso hoje está sendo maravilhoso, porque a gente aprende muito e desperta o que está adormecido na cabeça”, afirmou a merendeira Dilza Maria da Cruz, da Escola Lar da Criança, localizada no bairro Parque Ecológico.

Após o treinamento, Rita Pelosi fez uma demonstração prática de como preparar um bolo e um mingau de milho verde. Durante a demonstração, que contou ainda com a presença da presidente do Conselho Municipal de Alimentação Escolar, Irenice Silveira Silva e da nutricionista Monique Pessoa, as profissionais da merenda literalmente botaram a mão na massa. O encontro foi encerrado com um lanche coletivo.



Hilda Rodrigues (MTB 4262)

Assessora de Imprensa

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top