Um dos momentos mais esperados do Comida di Buteco é a Saideira, festa de premiação que revela o vencedor do concurso. Além do reconhecimento de ser o Melhor Boteco 2012 de Salvador, os participantes recebem premiações extras oferecidas por alguns patrocinadores do festival. A Hellmann’s e o Doritos, por exemplo, realizam ações para estimular o uso dos ingredientes na preparação dos petiscos.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Hellmann’s irá premiar três botecos, em todas as cidades, que utilizarem espontaneamente o ingrediente em seus petiscos e se classificarem entre os melhores no concurso. “Um dos nossos objetivos no evento é explorar o potencial gastronômico e a versatilidade da maionese, que acrescenta sabor ou dá um toque diferente na elaboração do prato”, comenta o gerente de marketing de Hellmann’s, Fernando Kahane. Na edição de 2011, 65% das receitas criadas tinham maionese como ingrediente e, este ano, o produto está presente em mais de 260 pratos.

Já o Doritos realiza pela quarta vez a competição do melhor petisco elaborado com o salgadinho. O boteco vencedor de cada cidade levará um prêmio de até R$ 5 mil. Apenas o corpo de jurados avaliou as criações. O sucesso da disputa é comprovado pelos consumidores. Na última edição do evento, por exemplo, 30% dos petiscos vendidos foram feitos com Doritos.

O resultado do maior concurso gastronômico de botecos do país será divulgado no dia 22, na Saideira, que acontecerá no Ercolano, na Bahia Marina. A festa, que será exclusiva para convidados, também contará com a exposição do Arte no Boteco. O projeto inédito que fez parte do Circuito de Arte e Cultura do Comida di Buteco, teve o objetivo de transformar o boteco em um ateliê, levando artistas baianos renomados para criar e expor suas obras nos bares.

Sobre o Comida di Buteco
A história do Comida di Buteco começou em 1999, quando Eduardo Maya - então produtor e apresentador do programa “Momento Gourmet”, da extinta Rádio Geraes FM - apresentou a emissora a proposta de um concurso que elegesse o melhor tira-gosto de boteco de Belo Horizonte. A ideia logo ganhou a adesão de João Guimarães - proprietário da emissora - e de Maria Eulália Araújo – diretora-executiva da rádio - que, imediatamente, sugeriu o nome do evento.
A primeira edição aconteceu no ano seguinte (2000), com apenas dez botecos participantes. O resultado foi melhor que o esperado, com sucesso de público e crítica. O Comida di Buteco só cresceu mesmo com o fim da Rádio Geraes FM, em 2005, se tornando uma empresa independente.
A cada ano, mais e mais pessoas se envolviam no concurso, transformando o Comida di Buteco em referência nacional. Em 2008, o concurso entrou no conceituado Guia 4 Rodas da Editora Abril e passou a ser realizado em diversas cidades do interior de Minas Gerais e em outros estados. Neste ano também, dois novos sócios se uniram ao projeto: Ronaldo Perri e Flávia Rocha, com a missão de expandir o conceito a outras praças.
O evento é totalmente viabilizado com o investimento de patrocinadores e em Salvador conta com os seguintes parceiros: Pepsi, Hellmann´s, Doritos e Azeite Gallo. Além do apoio da Bahiatursa, Ebal/Cesta do Povo, Amendoim Pepsico, Ultragaz, Viação São Geraldo, Philip Morris, Hotel Golden Park, Abrasel, Sebrae, Senac e Vox Populi.




Assessoria de Imprensa do Comida di Buteco 2012 em Salvador

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top