Carlos Baumgarten
Mais de 8 mil empresários, incluindo empreendedores de pequenas empresas e Empreendedores Individuais, vão ser beneficiados através de programas do Sebrae e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). As duas instituições assinaram um acordo de cooperação técnica, na tarde desta sexta-feira, 1º, no último dia do Seminário Internacional de Microfinanças, promovido pelo Banco do Nordeste. O documento foi assinado pelo diretor-técnico do Sebrae, Lauro Ramos, e pelo diretor de negócios do BNB, Paulo Ferraro.

O objetivo do acordo é promover a competitividade desses empreendimentos, atuando nas linhas de capacitação e acesso a crédito. O público-alvo são os Empreendedores Individuais e os empresários de pequenas empresas que são clientes do CrediAmigo, linha de microcrédito do Banco do Nordeste.

Segundo a analista do Sebrae Bahia, Adriana Pereira, a proposta é que o Sebrae forneça capacitação para esses públicos, através de programas como o Sebrae Mais, SebraeTec, o diagnóstico do Prêmio MPE Brasil, Negócio a Negócio e as oficinas SEI (Sebrae para Empreendedor Individual).

Por outro lado, o Banco do Nordeste vai participar de eventos voltados para orientação sobre acesso a crédito, com o intuito de oferecer o conhecimento necessário a empreendedores que possam obter financiamento para alavancar seus negócios. “A ideia é convergir forças para promover a competitividade das pequenas empresas e dos Empreendeddores Individuais”, destaca Adriana.

A meta, ainda de acordo com a analista do Sebrae, é que, até 2013, sejam capacitados 4.500 Empreendedores Individuais e 3.750 empresários de pequenas empresas, em todo o Estado. Desse universo, 1.800 deverão ser, prioritariamente, clientes do programa CrediAmigo.

Para o diretor-técnico do Sebrae Bahia, Lauro Ramos, a assinatura do convênio representa mais um passo importante na parceria histórica entre as duas instituições. “O Sebrae e o Banco do Nordeste têm uma sinergia em suas ações, no sentido de promover o desenvolvimento econômico sustentável. Através desse convênio, buscamos ampliar essas ações, com o objetivo de oferecer capacitação e acesso a crédito para pequenas empresas e Empreendedores Individuais”, afirmou.

O diretor de negócios do Banco do Nordeste, Paulo Ferraro, também destacou que o convênio segue duas linhas importantes: a da capacitação e a do acesso ao crédito. “Nessas duas vertentes, procuramos atingir o objetivo principal, que é aumentar a competitividade desses empreendimentos”, disse.

Seminário

O Seminário Internacional de Microfinanças foi o primeiro de uma série de eventos que marcam a comemoração dos 60 anos do Banco do Nordeste. O evento foi realizado entre os dias 30 de maio e 1º de junho, no Hotel Matiz Convenções, em Salvador, e promoveu um espaço para que gestores, financiadores e entidades de apoio do Brasil e de outras partes do mundo pudessem compartilhar experiências e conhecimentos acerca das microfinanças, em âmbito global. Mais de 400 pessoas prestigiaram o seminário.



Agencia de Notícias Sebrae Bahia

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top