Presidenta Dilma participa da cerimônia, transmitida por videoconferência

A Prefeitura Municipal de Porto Seguro inaugurou, na manhã da última quinta-feira, dia 5 de julho, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), com a presença da presidenta Dilma Rousseff, por videoconferência, que de forma inédita na região, transmitiu, simultaneamente, as cerimônias de inauguração de três UPAs (Porto Seguro, na Bahia; São Bernardo do Campo, em São Paulo, e Recanto das Emas, no Distrito Federal). Lançada pelo Ministério da Saúde em 2003, as UPAs fazem parte do programa Saúde Toda Hora e têm entre os objetivos reorganizar a rede de atenção aos atendimentos de urgências do Sistema Único de Saúde (SUS), diminuindo as filas nos prontos-socorros dos hospitais.

A presidenta Dilma, presente na localidade de São Bernardo, estava acompanhada do ex-presidente Lula e do Ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Em Porto Seguro, estiveram presentes o prefeito Gilberto Abade; o secretário de Gestão, Trabalho e Educação em Saúde, Mozart Sales, representando o Ministério da Saúde; Antônio Carlos da Silva Magalhães Neto, do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ); o secretário de Saúde do Estado da Bahia, Jorge Solla; Ledívia Espinheira e Gisélia Souza, da SESAB; o superintendente Administrativo e Financeiro da Secretaria Municipal de Saúde, Kerrys Ruas, representando a titular da pasta, Kátia Nunes; Viviann Viana Glória, diretora da 8ª Dires; vereadores, autoridades militares e representantes indígenas.

Cerimônia

Por meio da vídeoconferência, o prefeito Abade saudou a presidenta Dilma, ao ex-presidente Lula, ao Ministro da Saúde e às demais autoridades. “É uma honra muito grande recebê-la aqui, neste momento tão importante para a vida da cidade onde tudo começou”, disse à presidenta. Emocionado, Abade agradeceu e expressou sua grande estima a Lula.

De São Bernardo do Campo, o ministro Padilha falou da importância da UPA 24h: “Quando as pessoas precisavam de atendimento de urgência, a única alternativa era procurar um hospital onde eram obrigadas a conviver com outros casos mais graves. Atualmente, as 200 UPAs ajudam a agilizar esse tipo de atendimento. Nas localidades em que estão em pleno atendimento, às unidades têm capacidade para atender – sem necessidade de encaminhamento ao pronto-socorro hospitalar - 97% dos pacientes”, declarou o ministro, que anunciou aumento dos recursos para o atendimento dessas unidades.

Ao falar a Porto Seguro, a presidenta Dilma enviou um abraço simbólico à Bahia. Afirmou que o Brasil deve a iniciativa do SAMU e das UPAs ao ex-presidente Lula. “O meu legado é fazer avançar esse processo. Somos um dos poucos países onde o sistema de saúde é universal, gratuito e de qualidade. Nosso desafio é completar o que foi iniciado. E a UPA constrói a cadeia de atendimento, que vai do posto de saúde ao hospital. As parcerias são necessárias para preencher as lacunas”, enfatizou. Sobre o acolhimento, disse: “Queremos um atendimento mais humano, com qualidade e respeito, e com um profissional que esteja disposto a atender bem”, pontuou. A presidenta falou ainda da necessidade de ampliação de vagas em cursos de medicina, para formação de novos profissionais; citou os programas Farmácia Popular, Melhor em Casa e Brasil Sorridente, como estratégias para humanização do serviço público de saúde, oferecendo à população acesso a medicamentos essenciais, atendimento médico em casa e saúde bucal, respectivamente. “Nosso objetivo é oferecer da vacina ao transplante”, assegurou. Dilma parabenizou as cidades que receberam as novas UPAs e, ao final de sua participação, foram descerradas as três placas de inauguração.

Encerrada a transmissão simultânea e dada a continuidade à cerimônia local, o secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, parabenizou a administração de Porto Seguro, a secretária e toda a equipe da saúde municipal, agradecendo a parceria com o município, estado e governo federal, para tornar a UPA uma realidade.

Mozart Sales, representante do Ministério da Saúde, enfatizou a importância das UPAs e o uso da classificação de riscos para o efetivo funcionamento, o que preconiza atendimento urgente para os casos mais graves.

Em breve discurso, o prefeito Abade agradeceu a parceria e ressaltou que a saúde de Porto Seguro tem passado por grande transformação: “Hoje, somos considerados pelo Ministério da Saúde a melhor saúde do Sul e extremo sul da Bahia”, disse o prefeito, que percorreu as dependências da UPA 24h, juntamente com a população.

Funcionamento

A UPA de Porto Seguro, localizada no bairro Baianão, é a primeira do Sul da Bahia, possui 12 leitos e capacidade para receber até 300 pacientes por dia, com atendimento emergencial de baixa e média complexidade. Oferece serviço de Raios-X, exames laboratoriais, aparelho de eletrocardiograma e atendimento pediátrico, entre outros e atenderá pacientes que apresentem pressão alterada, febre alta, fraturas, cortes, infarto e acidente vascular cerebral.

Alexandra Soares

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Saúde de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top