CINEMA - Considerado um dos maiores autores de língua portuguesa, o baiano Jorge Amado faria 100 anos no dia 10 de agosto. Para marcar a data, o Fellini Cine Club exibe no próximo domingo, 12 de agosto, às 20 horas, o filme “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, baseado no livro homônimo de Jorge Amado.

Um dos clássicos do cinema nacional, com grande atuação do elenco e primorosa direção de Bruno Barreto, o filme repetiu na telona o sucesso que o livro de Jorge Amado alcançou nas livrarias do Brasil e do mundo. E foi por 34 anos recordista de público no país, levando mais de 10 milhões de espectadores às salas de exibição, até ser ultrapassado em 2010 por Tropa de Elite 2.
O enredo narra a história de Flor (Sônia Braga), uma recatada professora de culinária, casada com Vadinho (José Wilker), um homem divertido e sensual. Apreciador de mulheres, bebidas e jogatina, ele morre em plena festa de Carnaval. Viúva, Flor se casa com o farmacêutico Teodoro (Mauro Mendonça), o oposto do ex-marido: cavalheiro, respeitador e puritano. Mas Flor sente saudades do fogo intenso de Vadinho, que retorna ao mundo dos vivos para saciar seus desejos.
A sessão começa com a exibição do curta-metragem “Satori Uso”, vencedor do prêmio de melhor curta de ficção do Arraial Cine Fest 2009. Com 15 minutos de duração, Satori Uso conta a história de um poeta japonês que teria vivido em Londrina nos anos 50. Ele publicou somente um livro durante a vida, quando ainda morava no Japão e era conhecido por sua obsessão com as sombras da existência.
O Fellini Cine Club fica no Beco das Cores, no Arraial d´Ajuda. Mais informações pelo telefone (73) 9966-8593 ou pelo e-mail cineclub@arraialcinefest.com.br.



--
Marcia Marcial
Assessora de Imprensa
(73) 9939-9528
www.arraialcinefest.com.br

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top