Jardin, GIG e Victor Dzenk - Fonte: Divulgação/Agência Fotosite
O que será moda na próxima temporada? Quais os materiais, estampas e modelagens que serão mais utilizados? Quais as tonalidades que irão prevalecer no verão 2013? Tudo isso e muito mais informações sobre o que vem por aí foram apresentadas em uma palestra ministrada pela diretora de tendências doStylesight *, Camila Toledo, no último dia do Minas Trend Preview em parceria com o sistema FIEMG.
Confirmando muitas das referências mostradas nos desfiles da temporada mineira, Camila Toledo destacou os principais movimentos que irão influenciar a indústria da moda para as próximas estações.
De acordo com as informações apresentadas, a primavera/verão 2013 será baseada em quatro temas: claridade, cinzas, nutopia e subnation. Cada um deles traz os estilos e cores que serão mais marcantes nas coleções. A claridade, por exemplo, é traduzida em cores claras, suaves e translúcidas, destacando também a tendência forte dos tons pastel, que foi vista em diversas coleções do MTP.
Entretanto, não são apenas os tons muito claros que aparecem nas tendências destacadas por Camila Toledo. As tonalidades mais coloridas, que são inspiradas em doces e no universo infantil, continuam em alta como nas estações passadas. Destaque para o amarelo, pêssego, verde-água, laranja e o turquesa.
Victor Zerbinato e Martha Medeiros - Fonte: Divulgação/Agência Fotosite
O tema “cinzas” vem com inspirações sombrias, que trazem muito preto e referências de arte gótica, insetos e assuntos mórbidos, mas de forma bem-humorada. No que diz respeito ao terceiro item “nutopia”, ele traz a proposta de um desligamento do mundo material para um contato maior com a espiritualidade, o misticismo e a natureza. Traduzido em tendências, isso destaca as estampas florais suaves e os estilos hippie e cigano.
Por último, o tema chamado “subnation” celebra o estilo dos jovens urbanos das periferias das cidades, trazendo um pouco de volta algumas referências punks dos anos 80. Geometria, movimento e cores intensas como o vermelho e o chumbo (cor do asfalto) são alguns dos destaques.
Tendo como base esses temas, a palestra feita por Camila Toledo mostrou ainda mais tendências que foram divulgadas no site do FIEMG  e você confere abaixo:
Inspirações orientais
As referências dos países orientais como China e Japão tem sido destaque em coleções nacionais e internacionais desde o ano passado, continuando em alta nas tendências citadas por Camila Toledo.
Peças de recortes a laser de formatos arredondados são algumas das apostas de inspiração oriental. Modelagens amplas, soltas e sobrepostas são tendências fortes, que buscam o conforto de forma contemporânea. Os tecidos leves e translúcidos, de aparência plastificada e gelatinosa, também aparecem, criando um efeito que remete ao lado futurista do perfil oriental.
E.Store - Fonte: Divulgação/Agência Fotosite
As tonalidades dessas referências vêm em amarelo e em combinações de cores vibrantes. Além delas, o tom laranja ainda tem o seu espaço, seguido pelo azul e o branco-puro, correspondendo também ao estilo futurista e à era da tecnologia.
Nova era
As referências da ideologia dos hippies, do amor livre e do clima sonhador da época dos anos 70, assim como o contato com a natureza, promove uma viagem às cores que combinam com esse perfil como o azul do céu e o oceano, o verde das árvores e as tonalidades referentes à luz solar como o amarelo e o nude.
Ainda nesse clima, que contempla a ideia de “desprendimento material”, os tecidos vêm rústicos e naturais, como a ráfia e o couro, além de estampas florais suaves e modelagens soltas e confortáveis.
Estampas
Muitas das referências de estampas também vêm da cultura oriental. Segundo as tendências apresentadas pelo Stylesight, os novos florais são inspirados na ikebana, que é a arte japonesa de arranjos com flores e folhagens. A bela floração das cerejeiras do Japão também é uma forte influência nas estampas.
Como citado antes, as inspirações mais sombrias também aparecem para o verão em forma de cores escuras, como o cinza, camelo e o preto.
Essa morbidez traz também as estampas de forma leve e divertida, trazendo ainda as caveiras, que continuam dentro das tendências, corujas, aranhas e besouros. Esses bichinhos também estarão nos acessórios. Rosas negras e coroa de flores também farão parte das estamparias com esse estilo.
Seguindo o tema “nutopia”, aparecem as estampas de referências místicas com símbolos como as mandalas, os de espiritualidade e proteção. O estilo cigano também aparece em estampas com releitura mais moderna, apresentando figuras em 3D.
Modelagens e texturas
Detalhe de peça da Clair - Fonte: Divulgação/Agência Fotosite
O verão pede corpo à mostra, seja por tecidos leves ou artesanais que mostram uma sensualidade displicente, seja por uma transparência bem projetada. As tendências de modelagens e texturas indicadas pelo Stylesight mostram esse perfil produzido com tecidos cortados a laser, telas, rendas ou pontos de crochê mais vazados.
* * *
*O Stylesight é um site norte-americano de pesquisa sobre moda e design que indica antecipadamente as macrotendências mundiais.

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top