Vitrine da Costa


O maior evento cigano, promovido pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade racial (SEPPIR) e parceiros, teve representantes de Porto Seguro. Foram mais de 300 participantes, representando 19 estados e o Distrito Federal, em acampamento montado na Granja do Torto.

A programação incluiu plenária, momento em que a cigana de Porto Seguro, Edvalda Bispo dos Santos Viana, apresentou as reivindicações da Associação Ciganos Calons do Extremo Sul da Bahia (Acecesb) e falou das ações de valorização cultural promovidas pela Prefeitura do município, por meio do setor de Igualdade Racial. Ainda houve a Conferência Livre da Cultura; oficinas de acesso às políticas públicas; prestação de serviços: emissão de cartão SUS, serviços de saúde, emissão de certidão de nascimento e carteira de identidade; apresentações de teatro, dança e música; além de exposição fotográfica.



O objetivo do encontro é fortalecer a organização e participação dos povos ciganos nas discussões sobre políticas públicas, valorizar e dar visibilidade à diversidade da sua cultura e ampliar a interlocução das lideranças tradicionais ciganas com o Estado brasileiro.

A atividade é promovida pelo governo federal, por meio da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Ministério da Cultura, Secretaria de Direitos Humanos, Ministério da Educação e Ministério da Saúde e pelo Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial e da Secretaria de Cultura.

Em novembro, Edvalda Bispo, eleita delegada estadual, vai representar a Bahia na Conferência Nacional, a ser realizada também em Brasília. “Estamos recebendo total apoio da prefeita Cláudia Oliveira para preservação de nossa cultura e tradições, bem como para lutar por nossos direitos”, destacou a primeira cigana a ter um cargo público em Porto Seguro voltado à promoção da igualdade racial.



Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social


Ascom Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top