Vitrine da Costa


Por CASAR Ilhéus
A Mestra da Cultura foi habilitada na 4ª edição do prêmio "Culturas Populares: 100 anos Mazzaropi", realizado pela Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC), do Ministério da Cultura (MinC).

Ela foi inscrita com o apoio da CASAR (Casa da Cultura Popular)
O prêmio tem como intuito reconhecer a atuação de mestres e grupos ou comunidades responsáveis por iniciativas exemplares que envolvam as expressões culturais populares.

A cordelista vem mostrando a força que Ilhéus tem culturalmente. A Portaria de divulgação foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (26).

Ela está entre os MESTRES E MESTRAS HABILITADOS NA BAHIA no Resultado da fase de habilitação do Prêmio Culturas Populares – Edição 100 Anos de Mazzaropi.
O Edital recebeu 1.467 (mil quatrocentos e sessenta e sete) inscrições, conforme as categorias estabelecidas no presente certame, destas, 831 (oitocentos e trinta e uma) foram habilitadas e 636 (seiscentos e trinta e seis) inabilitadas.

Com o Projeto A CONSTRUÇÃO DO UNIVERSO FEMININO NO SUL DA BAHIA - LITERATURA DE CORDEL MESTRA JANETE LAINHA COELHO ILHÉUS BA define a construção da Identidade Feminina nos Cordéis Sul-Baianos versando sobre a história das mulheres nos últimos tempos que tem conquistado relevante impulso no que concerne à descrição dos papéis do feminino no fórum privado. A ênfase dada à reconstituição da trajetória sócio-histórica de lutas pelos direitos, benefícios e vantagens que o público feminino buscou adquirir, na tentativa de romper com o estereótipo do sexo frágil, constitui ponto nodal nesse cenário.

A Cordelista tem grande experiência e conhecimento dos saberes e fazeres populares e é totalmente direcionadas as expressões populares, transmitindo seus conhecimentos artísticos e culturais e seu trabalho reconhecido pela comunidade principalmente nas escolas e por outros setores culturais, disseminadora da arte popular através da Literatura de Cordel.

Esta edição do Culturas Populares, do MinC, é uma homenagem ao centenário de nascimento do ator Amácio Mazzaropi, símbolo da Cultura Popular no cinema nacional, nascido em abril de 1912. Seu principal personagem, o "Jeca Tatu", fazia uma crítica social com doses de bom humor. Serão no total 350 prêmios ofertados.

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top