Vitrine da Costa


A Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, na Bahia (IPHAN-Ba), entregou nesta terça-feira (12/11), cinco obras históricas restauradasà comunidade de Porto Seguro, que integram o Conjunto Arquitetônico e Paisagístico da cidade. Foram cerca de R$ 850 mil aplicados na conservação e restauro das igrejas de São Sebastião do Caraíva, de Nossa Senhora da Pena, de São Benedito, e no telhado da Casa de Câmara e Cadeia, como também intervenções em 66 imóveis na Praça do Divino Espírito Santo.

Vitrine da Costa


O superintendente do IPHAN, na Bahia, Carlos Amorim, disse que as edificações apresentam relevante valor arquitetônico do período colonial e estavam necessitando de serviços de reparo em sua cobertura, nos revestimentos de paredes e nas instalações elétricas. Tais ações fazem parte de um conjunto de medidas adotadas após extenso diagnóstico realizado ao final do ano de 2010, quando a sede da Superintendência foi deslocada para o município de Porto Seguro durante um mês. Neste período, foram adotadasações emergenciais, propondo-se a realização de obras de conservação nos monumentos de todos os sítios, uma vez que as últimas intervenções ocorreram há mais de 10 anos. “Com estas obras, será impedida a degradação promovida pela falta de manutenção e pela ação do tempo nos edifícios”, destaca Amorim.

Vitrine da Costa


“Como próximas ações do IPHAN em Porto Seguro, estão previstas atualização do zoneamento, fiscalização e identificação, das áreas que ainda guardam relevância do ponto de vista arquitetônico, histórico e paisagístico”, informou Felipe Musse, chefe do Escritório Técnico do Instituto, em Porto Seguro. “As ações de fiscalização e identificação devem se estender aos demais sítios existentes na região, a exemplo de Ilhéus, Itabuna e Belmonte, que possuem exemplares relevantes a serem protegidos”, acrescentou o superintendente Carlos Amorim.

No próximo ano, outros monumentos e logradouros, localizados nos municípios de Porto Seguro, como Arraial d'Ajuda e Trancoso e, ainda, Santa Cruz de Cabrália, deverão sofrer intervenções que visam sua restauração.


Assessoria de Comunicação - IPHAN-BA

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top