Vitrine da Costa


Empreendedores de Porto Seguro aderem a projeto de economia criativa Projeto Território Criativo trabalha a capacitação empresarial, inovação e acesso a mercado Por: Cyntia Farabotti A empreendedora Lucimar Francisca da Silva fabrica e pinta caixinhas de madeira para porta-joias em sua casa, em Porto Seguro. O negócio já existe há oito anos, mas a concorrência está cada vez mais acirrada. “Quando comecei, duas pessoas faziam este trabalho. Hoje já são dez”, comentou. Na busca por inovação, acesso a mercado e conhecimento, Lucimar decidiu participar do projeto Território Criativo. A ação foi lançada na quinta-feira, 26, em Porto Seguro, no Centro de Cultura da cidade, e vai atender a 65 microempresas locais.

Porto Seguro
Os empreendedores de Porto Seguro, assim como Lucimar, se interessaram pelo projeto, que prevê cursos e consultorias para a gestão da empresa, qualidade do atendimento, elaboração de projeto e financiamento cultural, encontros temáticos e o desenvolvimento de um catálogo comercial. De acordo com o gestor do Sebrae Porto Seguro, Enivaldo Piloto, as atividades acontecerão até o final de 2014 e o próximo encontro já está marcado para dia 15 de julho, quando será constituída a governança do projeto. “Após esta reunião, iniciaremos a consultoria para melhoria na gestão da empresa, que prevê 180 horas de atendimento individual no período de 16 a 30 de julho”, detalhou. O gerente do Sebrae Teixeira de Freitas, Alex Brito, explicou que Porto Seguro é uma cidade “criativa por natureza” e, por isso, nada mais apropriado do que ser uma das localidades participantes do projeto Território Criativo. No total, a ação é desenvolvida em Salvador e nos municípios de Ilhéus e Porto Seguro, no interior da Bahia. “Não à toa, duas seleções de futebol escolheram a região para se preparar para a Copa do Mundo. Aqui tem um diferencial que reúne história, cultura, belezas naturais e muita criatividade”, completou Brito. A coordenadora do Centro de Cultura de Porto Seguro, Miriam Silva, destacou a importância desta conquista para o município. “A economia criativa é uma tendência para os negócios no Brasil e já estamos saindo na frente. Quero parabenizar a todos os envolvidos e dizer que o Centro de Cultura é a casa deste projeto”, declarou. Diagnóstico Antes de ser lançado oficialmente, o projeto Território Criativo em Porto Seguro realizou um diagnóstico com 118 empresas da região central da cidade que trabalham de forma criativa e inovadora. "O diagnóstico é o primeiro passo para conhecermos o perfil das empresas e dos empreendedores com quem iremos trabalhar", disse Piloto. Deste total, 94 são formais e 24 informais, sendo que estas passarão por um processo de capacitação para regularizarem seu negócio. O principal segmento de atuação é o de comércio e serviços, com destaque para moda e confecção, seguido por artesanato e restaurantes. “Outro ponto interessante que observamos é que 96% dos empreendedores entrevistados residem no território centro, que será o ponto focal do projeto”, explicou Piloto, salientando que a metodologia da pesquisa reuniu cadastro do empreendimento e dados socioeconômicos. Entre os dados foi verificado que também a maioria dos negócios é administrado por mulheres, 58%, enquanto 42% por homens, e que a sobrevivência dos empreendimentos está acima de cinco anos para quase 60% dos empresários. O projeto Território Criativo é uma ação do Sebrae em parceria com o Centro de Cultura de Porto Seguro, Prefeitura de Porto Seguro, Câmara de Dirigentes Lojistas, Associação Comercial, Associação da Indústria Hoteleira, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Conselho Municipal de Cultura. Agência Sebrae de Notícias Bahia (71) 3320-4557 /4558 / 3444-6808 / 9222-1612 / 8263-0835 Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800 www.ba.agenciasebrae.com.br www.twitter.com/sebraebahia www.facebook.com/sebraebahia

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top