Vitrine da Costa


III Jornada Agroecológica da Bahia aborda a importância da troca de saberes e de sementes agroecológicas




Com foco na troca e resgate de sementes da agroecologia, buscando uma nova perspectiva de humanidade com qualidade de vida no campo e na cidade acontece entre os dias 4 e 7 de dezembro, a III Jornada Agroecológica da Bahia, no assentamento Terra Vista, localizado no município de Arataca, no Litoral Sul do estado.



Apoiado pela Superintendência Regional do Incra, na Bahia, o evento traz na sua programação espaços para diálogos por meio da feira de troca de sementes, oficinas e minicursos que esse ano aborda os sistemas agroflorestais, horta orgânica (toda a preparação), criação de pequenos animais e economia solidária, além de discussões acerca do bioma da Mata Atlântica.



Segundo um dos organizadores do evento, o coordenador do Terra Vista, Joelson Ferreira, um dos temas abordados no evento é a questão da recuperação do bioma da Mata Atlântica. No assentamento existe um trabalho contínuo de recuperar 83 espécies da Mata Atlântica. “Já temos 350 matrizes marcadas, ou seja, escolhemos as melhores árvores para a coleta das sementes, levamos para os viveiros, preparamos as mudas e plantamos novamente. Foram plantadas até agora mudas como o jequitibá, jacarandá, pau-brasil, ipê, putumuju, vinhático e juerana”, destaca Ferreira.



A perspectiva é que participem da III Jornada Agroecológica duas mil pessoas de comunidades quilombolas, indígenas, acampamentos, assentamentos e grupos estudantis de escolas e universidades.



Terra Vista



O assentamento Terra Vista existe há 19 anos e se tornou um dos pioneiros no estado na participação em projeto para adequação à legislação ambiental e de educação ecológica. Ele já possui o certificado pelo Instituto Biodinâmico (IBD) como produtor de cacau orgânico e produz também o chocolate orgânico.



Como fruto das discussões realizadas acerca da agroecologia, funciona hoje no assentamento Terra vista o Centro Integrado Florestan Fernandes, que abriga uma especialização em Agroecologia e irá formar 40 alunos em maio de 2015.



Além disso, o Terra Vista abriga o Centro Estadual de Educação Profissional do Campo Milton Santos (CEEPC), mantido pelo Governo do Estado, e que oferece cinco cursos técnicos para 654 estudantes da região. Junto ao Ensino Fundamental, são 854 estudantes atendidos.





Assessoria de Comunicação Social do Incra/BA

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top