Vitrine da Costa


Prorrogada Campanha de Vacinação contra paralisia infantil


A campanha de vacinação contra a poliomielite foi prorrogada até o dia 12 de dezembro em todo o país. Em Porto Seguro, faltam vacinar 2.563 crianças maiores de seis meses, a menores de cinco anos, o que corresponde 23%. A campanha, que seria encerrada dia 28 de novembro, já imunizou mais de 8 mil crianças, tendo cobertura de 72%. A meta é imunizar 10.591 do público alvo.


A Secretária de Saúde, Edna Alves, destaca a importância da vacinação, convocando os pais para levarem os filhos às unidades de saúde. "A vacina contra a pólio protege contra três tipos de vírus que causam a paralisia infantil. Atualmente, o Brasil está livre da doença, mas é fundamental que os pais levem os filhos para serem imunizados, impedindo que a doença volte a ter incidências no país", esclarece.


A imunização contra a poliomielite acontece anualmente em uma única etapa. Para a poliomielite não existe tratamento, desse modo, a melhor forma de evitar é a prevenção. Os sintomas são semelhantes ao de uma gripe com náuseas, vômitos e dores abdominais. O vírus é capaz de chegar ao sistema nervoso através da corrente sanguínea e ocasionar paralisia total.




Ascom-Secretaria de Saúde

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top