Vitrine da Costa



Conselho de Meio Ambiente discute Gol Verde e Parque Marinho



Cerca de 20 representantes do poder público e de entidades organizadas do município participaram da reunião do Conselho Municipal de Meio Ambiente, realizada dia 15/04, na sede da secretaria. Na pauta de mais um encontro mensal da entidade, temas como o projeto Gol Verde, a renovação dos membros do conselho, o Projeto de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), o Plano de Manejo do Parque Marinho do Recife de Fora e a atuação da Embasa no município.


Criado durante os jogos da Copa do Mundo 2014, o programa Gol Verde prevê que cada gol feito na Arena Fonte Nova, em Salvador, equivale ao reflorestamento de uma área equivalente a um campo de futebol. Em Porto Seguro, onde o programa está sendo desenvolvido pela Prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com o Governo do Estado e a Veracel, serão plantadas 35.555 mudas em 30 hectares, sendo 15 no Parque Nacional Pau Brasil e 15 na bacia do Rio dos Mangues, na Vila Valdete. O plantio na Vila Valdete será acompanhado também de um trabalho de educação ambiental junto ao Colégio Valdívio Costa.


Durante o encontro, o representante do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, Wilson Cruz, criticou a negligência da Embasa no município e elogiou a atuação do Conselho Municipal. “Antes as coisas chegavam de cima para baixo. Agora o trabalho do conselho tem sido muito bem conduzido, demonstrando o compromisso do secretário Bené e da atual administração com as questões que interessam ao município. Esse é o conselho que mais funcionou em Porto Seguro”, salientou.


Entre os participantes da reunião estavam o assessor jurídico da Secretaria de Meio Ambiente, João Barbosa Góes Filho; o vereador Marcos da Aurora, além de representantes da UFSB, Colônia de Pescadores e Associação de Turismo Naval.

Ascom – Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top