Já é tradicional o destaque da presença das entidades do programa Ouro Negro na segunda-feira de Carnaval, nos três circuitos do Carnaval de Salvador. As entidades de matriz africana levam para Centro Histórico, Campo Grande e para Barra os toques e danças oriundos da cultura afro. No total, são 94 entidades apoiadas pelo programa Ouro Negro do Governo do Estado, gerido pela Secretaria de Cultura (SecultBA).


Salvador - Carnaval da Cultura



Vitrine da Costa




No circuito Batatinha, a partir das 16h, os arrastões de samba estarão levando música e animação pelas ruas do Centro Histórico de Salvador. O bloco Mangue é o primeiro e este ano irá homenagear os 50 anos de música do compositor Nelson Rufino. Rogério Lima, presidente do bloco, comenta que a escolha do tema foi a necessidade real de celebrar sua obra. “Sem dúvida, o samba baiano se divide antes e depois de Nelson Rufino”.



Outros blocos de destaques que desfilarão são o Não deixe o Samba Acabar, Carnapêlo e o tradicional Filhos de Korin Efan. Perto dali, no Campo Grande, o Blocão da Liberdade, Mundo Negro e Jaké levarão para Carnaval os frutos dos trabalhos comunitários realizados durante todo ano em seus bairros. Por lá também passarão os blocos que desfilam no contra fluxo: Filhos de Ogun de Ronda, Filhos de Omolú, Aspiral do Reggae e Ókambi.



Mas é no cenário turístico da Barra que o Ouro Negro se destaca no penúltimo dia de festa. Por lá passarão os Filhos de Gandhy, as Filhas de Gandhy – lideradas pela cantora Savannah Lima – e os tambores dos afro Muzenza e Malê Debalê.



CARNAVAL DA CULTURA

O Carnaval da Cultura 2016 é o carnaval da democracia e da diversidade, que leva para as ruas, durante todos os dias e circuitos da folia, a mistura de ritmos e gêneros musicais e, principalmente, a estética e a arte de diferentes artistas, grupos e entidades culturais da Bahia. São centenas de atrações e shows gratuitos de afoxé, samba, reggae, axé, pop, MPB, fanfarras e muito mais. É diversão garantida para todos os gostos e estilos no espaço público da rua para alegria do folião. O Carnaval da Cultura – uma realização da Secretaria da Cultura do Estado da Bahia, por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) –está organizado a partir de quatro programas: Carnaval do Pelô, Carnaval Ouro Negro, Carnaval Pipoca e Outros Carnavais. A programação completa de nossa festa está disponível nos sites www.cultura.ba.gov.brewww.carnaval.bahia.com.br.


Assessoria de Comunicação do Carnaval da Cultura

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top