Novos guichês, catracas eletrônicas, banheiros, praças, mirante e coberturas são algumas das intervenções previstas no projeto, orçado em R$ 8 milhões, que será financiado pelas empresas

Travessia das balsas de Porto Seguro será totalmente modernizada

Vitrine da Costa


Novos guichês, catracas eletrônicas, banheiros, praças, mirante e coberturas são algumas das intervenções previstas no projeto, orçado em R$ 8 milhões, que será financiado pelas empresas

Um acordo firmado entre as empresas operadoras do serviço de navegação, poder público e sociedade civil, finalmente deverá atender aos anseios da comunidade local, que há muitos anos reivindica melhorias na travessia das balsas para o Arraial d´Ajuda. O documento, elaborado conjuntamente pela Prefeitura de Porto Seguro, Câmara de Vereadores, OAB, Observatório Social e as empresas Rionave e Rio Buranhém, sob a tutela do Ministério Público Federal e Ministério Público Estadual, prevê uma série de intervenções, que irão modernizar os serviços, trazendo mais conforto e agilidade para moradores e turistas.

Durante uma audiência pública realizada no ano passado, que superlotou o Centro de Cultura de Porto Seguro, a população sinalizou que o principal gargalo para uma prestação de serviços de travessia mais eficiente se encontrava em terra e não nas embarcações. A partir de um posicionamento acolhido pelo Ministério Público, no sentido de que o transporte continuasse sendo operado pelas mesmas empresas responsáveis pelo serviço há mais de 25 anos, a Rionave Administração Portuária e Rio Buranhém Navegação assumiram o compromisso social de custear as obras de infraestrutura, como contrapartida pela renovação do contrato de concessão com a Prefeitura por mais 10 anos, sob a forma de autorização.

Conforto e beleza

Orçadas em cerca de R$ 8 milhões, as obras de requalificação, que já foram iniciadas, irão promover mudanças significativas, com uma grande valorização tanto na paisagem quanto na qualidade dos serviços, de ambos os lados da travessia. As intervenções incluem desapropriações de imóveis, revitalização de praças com iluminação e paisagismo, construção de um mirante do lado de Arraial, além da implantação de novas bilheterias, catracas eletrônicas com cartões recarregáveis, banheiros e coberturas para pedestres, áreas de manutenção, bomba de combustível e a utilização de sistemas com energia solar, tornando os processos mais modernos também do ponto de vista ambiental.

Por isso mesmo, o diretor da Rionave, o engenheiro Luiz Jatobá, considera que o acompanhamento de todo o processo pela Marinha também tem sido fundamental, trazendo informações, auxiliando no cumprimento da legislação e contribuindo no sentido de garantir mais segurança para os usuários. Jatobá observa que essas obras irão inaugurar um novo capítulo na história do transporte hidroviário na cidade. “Estamos em Porto Seguro há 30 anos e durante esse tempo buscamos evoluir sempre, dando atenção especial aos moradores e ajudando a levar o desenvolvimento para o Litoral Sul. Na verdade nós crescemos junto com a cidade”, salienta.

Para o diretor da Buranhém Navegação, Bruno Barbiero, esse acordo chega como uma resposta a uma discussão de muitos anos, trazendo grandes benefícios para a comunidade local e os turistas que utilizam os serviços das balsas. Segundo ele, essa construção será permanente no sentido de oferecer cada vez mais qualidade. “Junto com o poder público e a comunidade, estamos procurando fazer as coisas certas. E é muito positivo que o Ministério Público seja o guardião desse processo, que nós também sempre desejamos e entendemos como fundamental para a nossa cidade”.

Pelo acordo, as obras do lado de Porto Seguro deverão ser concluídas até 15 de dezembro deste ano. No Arraial d´Ajuda, as intervenções serão iniciadas em abril de 2017, com previsão de ser concluídas até o final do próximo ano.

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top