Cerca de 800 indígenas da etnia pataxó e de outras etnias convidadas estarão participando, de 19 a 22/04, dos Jogos Indígenas Pataxó, que serão realizados pelo 9º ano consecutivo, na Arena Boca da Barra, em Porto Seguro. O evento, que tem a Prefeitura Municipal como principal apoiador, será aberto oficialmente no dia 19, às 16 horas com o acendimento da chama sagrada, na Cidade Histórica.









Além das competições, a programação, com entrada gratuita, inclui ainda Bênção dos Pajés, Desfile Cultura Viva e Beleza Pataxó, Feira de Artesanato Indígena, mostra das vestimentas e gastronomia pataxó, apresentações culturais, pinturas corporais, além do Fórum Indígena e da 5ª Jornada de Agroecologia da Bahia, realizada em parceria com a Teia dos Povos e UFSB, com plenárias, oficinas e Feira Agroecológica.

Vitrine da Costa


Jogos Pataxós - 2 modalidades

Os participantes disputarão 12 modalidades, incluindo arco e flecha, cabo de guerra, zarabatana, corrida de tora, luta Patxiw Miwka´ay, corrida de maracá, arremesso de tacape, corrida de 100m, natação, canoagem, futebol e meia maratona. Todos os participantes receberão troféus e medalhas, confeccionados por indígenas. “Os Jogos Indígenas hoje servem de referência dentro do próprio Ministério dos Esportes, como exemplo bem sucedido de projeto cultural e o maior evento esportivo indígena do Nordeste”, afirma Juari, superintendente de Assuntos Indígenas da Prefeitura.

O crescimento e a força dos jogos Indígenas atraíram para este ano as atenções de diversas etnias e terá ainda a presença de famosos e autoridades, como o ator Jayme Periard e o secretário nacional de Esportes, Lazer e Inclusão Social, Leandro Cruz. “Nosso objetivo é fazer parcerias e deixar legados para as comunidades indígenas. É também uma oportunidade de agregação, de trazer os não-índios para conhecerem a nossa cultura, desfazendo barreiras e preconceitos através dessa grande interação”, afirma Karkaju, coordenador técnico dos jogos.

Ele também destaca o imprescindível apoio da prefeita Cláudia Oliveira, que colocou os secretários municipais à disposição do evento. “Nosso apoio é uma das maneiras de reconhecer a importância desse evento para a nossa cidade e a contribuição dos povos indígenas, com toda a riqueza da sua cultura e sua história de luta”, enfatiza a prefeita.

Ascom – Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top