O movimento Traditional Jazz e viagem de artistas de Blues para a Grã-Bretanha, e a versão de Lonnie Donegan para "Rock Island Line" em 1955, a música Skiffle passou a inspirar muitos jovens a terem um caminho musical. Dentre eles, John Lennon e Paul McCartney, cujo grupo The Quarrymen formado em Março de 1957, iria mudar gradativamente e se transformar em The Beatles. Estes desenvolvimentos primário no Reino Unido era uma responda criativa ao Rock and Roll americano, que teve um impacto global. Na Grã-Bretanha, bandas de Skiffle, gravaram em pleno florescimento da cultura entre os jovens antes da era do Rock, cor e barreiras foram deixando de ser um problema com a idéia de separar "race records" já estava chegando ao fim. Inúmeros jovens britânicos escutavam R&B e os pioneiros do Rock e começaram a formar suas próprias bandas. A Grã-Bretanha se tornou rapidamente um novo centro de Rock and Roll. 


Em 1958 três adolescentes britânicos criaram Cliff Richard e os Drifters (mais tarde renomeado Cliff Richard e The Shadows). O grupo gravou um hit, "Move It", a marcação não só aquilo que é detido para ser o primeiro verdadeiro Rock and Roll feito na Grã-Bretanha, mas também o início de um som diferente, o Rock Britânico. Richard e sua banda introduziu muitas alterações importantes na Grã-Bretanha, tais como a utilização de uma "guitarra base" (Hank Marvin) e um baixo elétrico. 
O cenário britânico se desenvolveu, incluindo Tommy Steele, Adam Faith e Billy Fury imitando as estrelas dos EUA. Alguns shows tiveram bastante popularidade na Grã-Bretanha, e um dos exemplos é o do Gene Vincent. Isto inspirou muitos jovens britânicos a comprar discos cada vez mais e seguir o cenário musical, lançando assim as bases para a Beatlemania
No início dos anos 1960, a música instrumental foi muito popular no Reino Unido. Hits como "Apache" por The Shadows e "Telstar" pelo The Tornados (produzido por Joe Meek), formam uma filial britânica da música instrumental.
Ao mesmo tempo, no final dos anos 1950 e início dos anos 1960, fãs de R&B, como Alexis Korner criavam um autêntico blues americano em clubes londrinos, e em outros lugares, num momento em que esta música teve declínio de popularidade nos EUA. Isto proporcionou diretamente formação de grupos como The Rolling Stones e The Yardbirds, em Londres, The Animals em Newcastle, e Them, em Belfast. Nos EUA, esses grupos se tornaram conhecidos como parte da Invasão Britânica.
(Matéria baseada no Wikipedia)
Vejam também outra matéria sobre o mesmo assunto em:
Espero que esses artigos tragam maiores informações para vocês e curtam bastante saber de onde vem tudo o que se ouve hoje em matéria de rock.
Doctor Dreamer

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top