Pois é minha avó querida.... A vida não foi tão fácil como era naqueles tempos em que a gente cozinhava juntas. Você na sua cozinha e eu na minha, ali pertinho do lado de fora da porta, naquele quintal fininho e comprido onde você estendia sua roupa branquinha quarada com alvejante, anil e às vezes um pouco de goma. Naqueles tempos as coisas  até podiam dar errado, mas não havia mentiras. Creio que nasci, cresci e ainda sou alvo de mentiras tão desnecessárias (Meu Deus!!!) quanto esse sentimento de tristeza e decepção! Acordei chorosa hoje precisando do seu abraço sincero. "Consaguinamente" verdadeiro, único e desesperadamente necessário! Para que eu possa tirar de mim toda essa mágoa e decepção por ter, finalmente compreendido certas coisas! Que eu preferia não ver! Que eu escondi de mim mesma! Que eu tinha esperança estar enganada! Mas que estava e está tão claro como água! Me abraça Vovó Amália! Na verdade eu só tenho a senhora! Ainda que além dessa vida! Sem mentiras! Sem egoísmo! Sem disfarces! Estou triste demais...  Mas vou renascer de novo... e desta vez colocando um ponto final em tudo isso, que eu nem posso contar aqui, afinal é uma coluna de receitas... que ironia... 


Ingredientes
• 10 colheres (sopa) de azeite
• 3 dentes de alho amassados
• 3 pimentões cortados em rodelas
• 150g de filé de sardinha
Modo de preparo
• Aqueça o azeite e doure o alho.
• Em seguida, adicione os pimentões e cozinhe até amaciarem.
• Aguarde esfriar.
• Depois, despeje no liquidificador, junte a sardinha e bata até ficar homogêneo.
• Despeje novamente na panela e cozinhe por mais 10 minutos em fogo brando.
• Sirva depois de frio, acompanhado de torradas.
Rendimento: 10 porções

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top