A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, dentro da necessidade de preservação ambiental de remanescentes de Mata Atlântica de Porto Seguro e ordenamento do crescimento urbano da cidade, está elaborando dois projetos de unidades de conservação. As áreas protegidas serão de uso sustentável, uma vez que estarão voltadas para a participação da comunidade. Ambas visam principalmente à proteção do Rio dos Mangues, importante recurso hídrico que atualmente supre a região da sede do município e está seriamente comprometido devido ao desmatamento e uso inadequado do solo na sua Bacia Hidrográfica.

A primeira unidade de conservação será criada por Lei a ser enviada para a Câmara Municipal nos próximos dias: Horto Municipal de Porto Seguro. O projeto será numa área pública localizada entre o Projeto Minha Casa Minha Vida e o Rio dos Mangues, onde está ocorrendo desmatamento e ocupação irregular. Contará com diversas ações visando à recuperação ambiental, proteção do rio, implantação de viveiro de mudas e criação de um centro de educação ambiental para atender as comunidades próximas.

Outra unidade de conservação que está sendo projetada pela equipe técnica da Secretaria de Meio Ambiente é uma APA Municipal, que pretende abranger toda a bacia hidrográfica do Rio dos Mangues. O conceito principal da APA será a gestão compartilhada da região, buscando o desenvolvimento sustentável. Além da preservação ambiental, dentro de um projeto macro, poderão ser desenvolvidas outras ações visando agregar valor econômico à produção agrícola da região, através de programas como: Agricultura Orgânica, Agrofloresta, Pagamento de Serviços Ambientais etc. Por ser um projeto maior, envolverá a participação de diversos atores locais como proprietários rurais, associações, assentamento Imbiruçu, CEPLAC e Embasa. O processo terá início a partir da realização de uma audiência pública que será marcada nos próximos dias.

“Estas ações demonstram a preocupação da atual administração com a gestão ambiental do município, além da integração com outros órgãos públicos, pois estas unidades de conservação comporão um projeto regional que é os corredores ecológicos”, explica o secretário de Meio Ambiente, Luis Ramalho.



Verônica Menezes

Fotos: João Cordeiro

Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Porto Seguro

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top