MOZARTEUM ANUNCIA PROGRAMAÇÃO DO 7º MÚSICA EM TRANCOSO 2018


Música em Trancoso 2018 - Serão oito noites de música clássica, popular, jazz & soul, world music e breakdance, de 3 a 10 de março, no Teatro L’Occitane

Nessa edição, haverá mais atrações gratuitas ao ar livre, um total de seis dias, incluindo breakdance na praia e concertos para crianças

A Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro e o Coro Música em Trancoso se apresentarão em duas noites



FOTOS: https://goo.gl/AXTgkF e https://goo.gl/Akt8sY



O maior evento cultural do Sul da Bahia chega à 7ª edição com muitas novidades, grandes nomes da música clássica e popular, além de mais atrações gratuitas ao ar livre. Consagrado nacional e internacionalmente e com produção e direção artística do Mozarteum Brasileiro, o festival Música em Trancoso (3 a 10 de março) terá uma programação eclética e diversificada: oito noites com apresentações de música clássica, ópera, breakdance, jazz & soul, rock e concerto especial com músicas da Broadway. Com sucesso cada vez maior, ano após ano, o Música em Trancoso vem se firmando como fomentador sociocultural, turístico e econômico na região.

O 7º festival Música em Trancoso terá a participação de 250 artistas, de diferentes nacionalidades e estilos. A Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro irá se apresentar em duas noites, regida pelos maestros Carlos Moreno (titular) e pelo alemão Wolfgang Roese (convidado), conhecido por criar espetáculos inovadores, ao combinar músicas populares ao contexto clássico. Visando incentivar e valorizar talentos brasileiros, o Música em Trancoso terá a participação do Coro Música em Trancoso (uma junção do Coro Canto em Trancoso e do Coral Jovem do Estado), iniciativa do Mozarteum Brasileiro, além da Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, convidada para compor a programação do festival.

Os jovens integrantes de orquestras e coros também participarão de atividades socioeducativas, como as masterclasses. A presença e o desempenho dos jovens músicos nessas aulas especiais, ao lado de importantes solistas profissionais convidados para o festival, abre caminho para a revelação de talentos, com a possibilidade de gerar oportunidades internacionais, como bolsas de estudos no exterior.

Noites Sinfônicas

Música Sinfônica + Quadros de uma Exposição (3 de março) - Essa edição do Música em Trancoso terá duas noites dedicadas à música sinfônica com uma grande peça em cada uma delas. Na noite de abertura, Carlos Moreno, regente titular da Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro e um dos principais apoiadores da instituição, comandará o grupo na primeira parte do concerto, para execução da Sinfonia nº 7 de Beethoven. Após o intervalo, o maestro Wolfgang Roese assume a liderança da Orquestra, que terá a presença do Coro Música em Trancoso e do pianista polonês Maciej Pikulski, para a apresentação da célebre peça de Modest Mussorgsky, Quadros de uma Exposição.

Música Sinfônica + Porgy & Bess (4 de março) - O maestro Moreno volta ao palco para reger a OAMB na primeira parte do espetáculo. Na sequência, a ópera de George Gershwin (Porgy & Bess) será executada pelo Coro da noite anterior, com regência de Roese. Conhecida no mundo erudito internacional, a peça conta a história de Porgy, que tenta resgatar sua amada Bess, e tem a célebre canção Summertime em seu libreto. A noite também terá a presença da soprano Ebony Preston e do barítono Derrick Lawrence.

Dança

Breakdance (5 de março) - Essa é a maior novidade do festival: a inclusão de um espetáculo de dança em sua programação. Para muitas pessoas, é inconcebível juntar música clássica com dança de rua, mas o grupo alemão Flying Steps, tetracampeão mundial de breakdance, chega ao Brasil com a apresentação Red Bull Flying Bach, adaptação única e inovadora da peça Cravo Bem Temperado de Johann Sebastian Bach. Uma combinação surpreendente de piano, cravo e música eletrônica com o estilo de dança da cultura hip-hop.

Segundo o jornalista Gero Schliess, da Deutsche Welle, “ao assistir a jovens dançarinos girando sobre o solo, leves como pluma, eu senti um vigoroso sentimento de liberdade que está escasso em Berlim. Os dançarinos não estão apenas libertos da lei da gravidade, mas também de convenções e constrangimentos”.

O show Red Bull Flying Bach já foi visto em 35 países, encantou mais de 500 mil pessoas e recebeu o Prêmio Especial ECHO Klassik, a mais prestigiosa distinção de música da Alemanha. Aclamado pela crítica, o show também foi elogiado pelo jornal alemão Spiegel: é “um experimento ousado, de sucesso estrondoso”.

Rock, Jazz & Soul

Divas (6 de março) - Uma noite dedicada às mulheres, protagonistas do espetáculo. No palco do Teatro L’Occitane, entram em cena a mezzo-soprano alemã Angelika Kirchschlager e as cantora de jazz americana Brenda Boykin e a de rock marroquina Mennana Ennaoui. Com estilos e nacionalidades diferentes, elas executarão um repertório diversificado, de músicas dos Beatles, The Rolling Stones, Cole Porter e Frank Sinatra a composições clássicas de Bach e Franz Schubert, entre outros. O acompanhamento instrumental ficará a cargo de Wolfgang Roese ao piano, Arnulf Ochs na guitarra, Jean-Marc Robin na bateria e Jens Loh no baixo.



Jazz & Soul (7 de março) - Já uma tradição no Música em Trancoso, uma das noites é dedicada ao Jazz & Soul. Desta vez, o destaque é o trombonista sueco Nils Landgren, que já colaborou com grandes nomes da música, como ABBA e Wyclef Jean. Para acompanhá-lo, Brenda Boykin sobe mais uma vez no palco, com Arnulf Ochs na guitarra, Jean-Marc Robin na bateria e Jens Loh no baixo. O programa da noite incluirá hits de James Taylor, Willie Nelson e Sting, entre outros.

Música de Câmara, Broadway e Ópera

Música de Câmara (8 de março) – Essa é uma oportunidade para o público prestigiar o talento dos alunos selecionados nas masterclasses, aulas gratuitas que ocorrem durante toda a semana do festival. Os jovens terão o privilégio de tocar ao lado de músicos profissionais de primeira linha, como os alemães Lorenz Nasturica, violinista e diretor da Orquestra de Câmara da Filarmônica de Munique; Matthias Ambrosius, clarinetista da Opern auf Bayrisch, o francês Félix Dervaux, trompista da Orquestra Real Concertgebouw, e o trompetista russo Timur Martynov.

Broadway (9 de março) - Na reta final para o encerramento do 7º Música em Trancoso, a penúltima noite terá uma programação importada de Nova York. A Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, regida pelo maestro Eliseu Ferreira, executará um repertório de grande peças da Broadway, como Fantasma da Ópera, My Fair Lady, Cantando na Chuva, Evita e vários outros. Os solistas convidados são a mezzo-soprano Angelika Kirchschlager, o barítono Derrick Lawrence, a soprano polonesa Joana Woś, o tenor, também polonês, Tadeusz Szlenkier e o violinista Lorenz Nasturica.

Ópera (10 de março) – Na última noite do festival, o regente francês Benoit Fromanger conduz a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, acompanhando novamente Kirchschlager, Woś e Szlenkier, com a presença extra do barítono russo Alexander Kasyanov. O grupo e os convidados especiais executarão peças conhecidas do grande público, como Rigoletto, La Gioconda, Carmen, Don Giovanni e outras.

Programação gratuita ao ar livre

Com o objetivo de disseminar o melhor da música clássica e popular junto aos moradores da região e aproximá-los ainda mais das atrações do festival, o Mozarteum Brasileiro montou uma programação com seis apresentações e aulas gratuitas ao ar livre, quatro a mais que nos anos anteriores. Para as crianças, a OAMB fará duas apresentações no Bosque do Quadrado, com a execução da peça do compositor ucraniano Sergei Prokofiev, Pedro e o Lobo, conhecida por sua função pedagógica, pois permite ensinar às crianças a sonoridade dos instrumentos. Em outra data, será a vez do Grupo de Metais da OAMB, que mostrará ao público infantil as diferentes sonoridades dos instrumentos de metal e sopro.

Também com o propósito de envolver a comunidade local, o grupo de breakdance Flying Steps e a cantora de jazz Brenda Boykin se apresentarão e farão workshops gratuitos em duas oportunidades. Os dois marcarão presença, em dias diferentes, no Bosque do Quadrado, e o grupo de dança alemão já confirmou uma apresentação de breakdance na praia, em local a ser definido.

Além disso, as escolas Higina Cristo, em Trancoso e Eduardo Brigadeiro Gomes, em Arraial d´Ajuda, terão aulas de iniciação musical para crianças, no dia 5 de março, das 9h00 às 10h30. Essas aulas especiais são conduzidas pelos músicos bolsistas da Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro e têm o objetivo de mostrar, bem de perto, o mundo da música clássica, para que as crianças se sintam inspiradas e interessadas nos instrumentos e na orquestra.

Música em Trancoso - Programação


MÚSICA EM TRANCOSO 2018




Informações: www.musicaemtrancoso.org.br - Telefone: 11 3815.6377

Ingressos: Ingresso Rápido www.ingressorapido.com.br

Valores: Ingressos R$ 200,00 inteira, R$100,00, comunidade R$ 20,00.



Vendas:

· A partir do dia 20 de novembro de 2017: Venda online e presencial para o público em geral – no bar do Teatro

· Venda de Comunidade: a partir do dia 01/02/2018



Patrocinadores Trancoso

Produção: Mozarteum Brasileiro

Mantenedor: Groupe L’Occitane

Patrocinadores: Chenue do Brasil, Engie Foundation, EY, Mobility, Mondelli

Apoio: Teatro L’Occitane, Complexo Terravista e Vale Cultura



PROGRAMAÇÃO

7º Música em Trancoso - Teatro L’Occitane


End.: Estrada Municipal de Trancoso, km 19, s/n - Trancoso



· 03 de março – Música Sinfônica + Quadros de uma Exposição

Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro

Carlos Moreno, regência

Ludwig van Beethoven – Sinfonia nº 7



Wolfgang Roese, regência

Modest Mussorgsky – Quadros de uma Exposição

Maciej Pikulski, piano

Coro Música em Trancoso



· 04 de março – Música Sinfônica + Porgy & Bess

Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro

Carlos Moreno, regência

Oscar Bohorquez, violino

Leonard Elschenbroich, violoncelo

Matthias Ambrosius, clarinete

Félix Dervaux, trompa

Timur Martynov, trompete



Wolfgang Roese, regência

George Gershwin – Porgy & Bess

Ebony Preston, soprano

Derrick Lawrence, barítono

Coro Música em Trancoso



· 05 de março – Breakdance

Red Bull Flying Bach por Flying Steps



· 06 de março – Divas

Angelika Kirchschlager, mezzo-soprano

Brenda Boykin, jazz

Mennana Ennaoui, rock



Wolfgang Roese, piano

Arnulf Ochs, guitarra

Jean Marc Robin, bateria

Jens Loh, baixo



· 07 de março – Jazz & Soul

Nils Landgren, vocal e trombone

Brenda Boykin, vocal

Arnulf Ochs, guitarra

Jean-Marc Robin, bateria

Jens Loh, baixo



· 08 de março – Música de Câmara

Lorenz Nasturica-Herschcowici, violino

Matthias Ambrosius, clarinete

Félix Dervaux, trompa

Timur Martynov, trompete

Alunos selecionados nas masterclasses



· 09 de março – Broadway

Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás

Eliseu Ferreira, regência

Angelika Kirchschlager, mezzo-soprano

Derrick Lawrence, barítono

Joanna Woś, soprano

Tadeusz Szlenkier, tenor

Lorenz Nasturica-Herschcowici, violino



· 10 de março – Ópera

Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás

Benoît Fromanger, regência

Angelika Kirchschlager, mezzo-soprano

Alexander Kasyanov, barítono

Joanna Woś, soprano

Tadeusz Szlenkier, tenor



*Programação sujeita à alteração



PROGRAMAÇÃO GRATUITA



· 06 de março

12h30 às 13h30

Local: Bosque do Quadrado

Grupo de Metais com Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro



· 07 de março

12h30 às 13h30

Local: Bosque do Quadrado

Apresentação e workshop Breakdance com Red Bull Flying Bach



· 08 de março

12h30 às 13h30

Local: Bosque do Quadrado

Pedro e o Lobo com Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro



· 09 de março

12h30 às 14h

Local: Bosque do Quadrado

Workshop com a cantora de jazz Brenda Boykin



15h00 às 16h

Local: Praia dos Nativos (local a confirmar)

Apresentação e workshop Breakdance na praia com Red Bull Flying Bach



· 10 de março

12h30 às 14h

Local: Bosque do Quadrado

Workshop com a cantora de jazz Brenda Boykin



*Programação sujeita à alteração



Música em Trancoso



O Música em Trancoso surgiu em 2012 como fruto do sonho de quatro amigos. Sabine Lovatelli, Reinold Geiger, Carlos Eduardo Régis Bittencourt e François Valentiny desejavam realizar um evento que reunisse jovens músicos e profissionais consagrados e, ao mesmo tempo, colaborasse para promover as belezas naturais da região e estimulasse seu desenvolvimento econômico.



Com direção artística do Mozarteum Brasileiro, já subiram ao palco do evento mais de 50 mil espectadores e mil artistas, reunindo intérpretes de reconhecimento internacional de música erudita e popular do Brasil e de várias partes do mundo, além de orquestras jovens brasileiras. As seis primeiras edições já contabilizaram 139 masterclasses para 1.234 alunos e 98 aulas para 7.589 crianças do Ensino Público.



Com duas plateias (coberta e ao ar livre) com mais de 1.000 lugares cada, o Teatro L’Occitane também é usado para diversas atividades culturais e socioeducativas, transformando-se num centro permanente de produção e disseminação cultural. Seu anexo, o Facilities, dispõe de salas de ensaio e aulas, bar, salas de reunião e toaletes.



Mozarteum



Fundado por Sabine Lovatelli e Claude Sanguszko, é uma das mais conceituadas associações culturais do país e tem como objetivo valorizar e difundir a cultura musical. Por meio da organização e promoção de espetáculos de música erudita e da manutenção de uma série de atividades educativas em São Paulo e Trancoso, sul da Bahia, fomenta a inclusão social e estende o acesso ao melhor da música para o maior número de pessoas. Desde 1981, início de suas atividades, vem atuando para cumprir dois grandes objetivos: trazer a excelência musical internacional para o público brasileiro e, ao mesmo tempo, incentivar o desenvolvimento pessoal e social por meio de várias iniciativas de cunho cultural e educativo. Traz ao Brasil algumas das maiores orquestras do mundo e abre espaço em sua programação para a apresentação de orquestras jovens e novos talentos brasileiros. Em sua trajetória, realizou mais de 1.500 concertos, que foram vistos por mais de dois milhões de espectadores, em salas de concertos e locais públicos. Mais de nove mil alunos passaram pelas masterclasses e 240 jovens talentos foram encaminhados às melhores instituições musicais nacionais e europeias, por meio de bolsas de estudos concedidas pela instituição.

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top