Coral Vivo - Por conta da gravidade da quantidade de lixo marinho nos oceanos, o Projeto Coral Vivo escolheu esse tema para as ações de sensibilização no Mês do Meio Ambiente, em junho, na Costa do Descobrimento (BA). Os moradores poderão participar das atividades abertas e gratuitas.





Cabe destacar que 2018 é o Ano Internacional dos Recifes de Coral, e estimativas da ONU Meio Ambiente apontam que 8 milhões de toneladas de plástico acabam nos oceanos pelo mundo. O Projeto Coral Vivo, que é patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental, entende que a reversão desse quadro deve ser encarada como prioridade para a conservação marinha.



Coral Vivo promove ações para combate ao lixo marinho no Mês do Meio Ambiente


Mês do Meio Ambiente - Coral Vivo promove ações para combate ao lixo marinho


A programação inclui outras temáticas para a conservação e uso sustentável dos recifes de coral. Estão marcados seis momentos, sendo três abertos a todos interessados. No dia 2 de junho, sábado, ocorre a atividade “De Olho no Mar e na Maré”. O grupo irá observar recife de arenito e organismos em poças de maré, e participar de conversa para sensibilização sobre o lixo marinho, saindo da barraca do João Pescador na Praia dos Pescadores, em Arraial d’Ajuda, às 10h.



No domingo, dia 10 de junho, ocorre a “Celebração da Semana do Meio Ambiente”, com uma série de atividades abertas e voltadas para crianças e adultos na Praça da Igreja Nossa Senhora d’Ajuda, entre 15h30 e 18h30. A Cia das Ideias irá apresentar a peça teatral “Coral, Esse Incrível Animal” e haverá projeção de vídeo na parede lateral da igreja, além de bate papo para sensibilização sobre o lixo marinho, oficina de artes com materiais recicláveis e pintura de rosto.

Oficina de reciclagem com Projeto Coral Vivo


Já no dia 16 de junho, sábado, das 15h às 18h, está marcado o “Coral Vivo Literário”, na BibliotecAjuda. Na programação, contação de histórias relacionadas ao ambiente marinho, projeção de filmes, oficina de artes, pintura no rosto e roda de conversa buscando refletir sobre atitudes necessárias para o combate ao lixo marinho.


Coral Vivo/Mês do Meio Ambiente - Escolas e ONGs recebem atividades exclusivas


O lixo marinho é um tema que está nos projetos didático-pedagógicos da Rede de Educação Coral Vivo, implementados em três colégios públicos estaduais, com categorização dos resíduos sólidos nas praias de Porto Seguro e de Santa Cruz Cabrália até 2020. No dia 12 de junho, terça-feira, os alunos das escolas de Porto Seguro, Cabrália e Coroa Vermelha irão visitar a “Trilha da Restinga ao Mar”, em Santa Cruz Cabrália, recolher, fazer a triagem e classificar o lixo da Praia dos Lençóis.



Duas ONGs que atendem crianças no contraturno escolar irão receber a equipe do Projeto Coral Vivo para atividades nos dias 5 e 7 de junho, em Arraial d’Ajuda e Caraíva. Os integrantes das instituições Caraíva Viva e Filhos do Céu irão participar de atividades diversas como contação de histórias, bate papo para sensibilização sobre o lixo marinho, observação de esqueletos de corais, oficina de artes com materiais recicláveis e projeção de vídeo.

Sobre o Projeto Coral Vivo


O Projeto Coral Vivo é patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental e trabalha com pesquisa, educação, turismo, políticas públicas e sensibilização para a conservação e uso sustentável dos ambientes recifais e coralíneos do Brasil. Concebido no Museu Nacional/UFRJ, hoje é realizado por doze universidades e institutos de pesquisa. Está vinculado ao Instituto Coral Vivo, que é o coordenador executivo do Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Ambientes Coralíneos (PAN Corais). Esse documento de pactuação está sendo realizado com a coordenação geral do Cepsul/ICMBio. Além disso, o Projeto integra a Rede Biomar, junto com os projetos Albatroz, Baleia Jubarte, Golfinho Rotador e Tamar. Todos patrocinados pela Petrobras, eles atuam de forma complementar na conservação da biodiversidade marinha do Brasil, trabalhando nas áreas de proteção e pesquisa das espécies e dos habitats relacionados. As ações do Projeto Coral Vivo são viabilizadas também pelo copatrocínio do Arraial d’Ajuda Eco Parque. Mais informações: www.coralvivo.org.br.

0 comentários :

Postar um comentário

 
Top